Ele cresceu, mas nem tanto...

quinta-feira, 14 de julho de 2016


Felipe cresceu, está grande, tem rompantes de adolescência, está mudando a voz.

Não são poucas às vezes em que olho para ele e tenho que olhar novamente, porque não vejo meu gurizinho naquele rapaz ou me assusto do quanto mudou.

Na terça,  dei a ele um aparelho de barbear, pois até então usava o do Mestre Branco para raspar o bigode que diz não ter.

Como é algo cortante, sempre fiquei em dúvida se ele deveria ter o seu próprio ou não. 

Ele disse que não precisava, fez toda uma brincadeira, mas eu percebi que ele ficou faceiro.

Se é difícil para nós, imagina o quanto é para eles aceitarem a mudança.

Ontem olhei para ele e vi algo diferente, olhei novamente e percebi o que estava estranho...

Felipe estava sem as costeletas! E adivinha?! Tirou brincando com o novo aparelho de barbear!

Nessas horas, nem brigo, me dá um alento, pois vejo que ele cresceu, mas nem tanto.

2 comentários:

Michelle Lopes postou o comentário de número:

Lindo demais!!! Amor q não cabe no peito.Nossos meninos serão nossas eternas crianças!!!

Neli Rodrigues postou o comentário de número:

Eles crescem e a gente não quer aceitar.
Serão nossos eternos bebês.
Como tenho dois de espécies diferentes, aqui rola mto desodorante, aparelho de barbear, sutiã, cuecas que eu já não sei se e do pai ou do filho.
Uma fase nova, mas muito interessante.
Bjs

Você co
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...