Saindo do limpo

quarta-feira, 18 de julho de 2012

 

Quem produz artesanato sabe, pelo menos espero, que muitas vezes começamos algo e por “n” motivos paramos antes de concluí-lo. E ele fica lá, esperando, rogando por um momento do seu tempo para terminá-lo. Porém muitas vezes isso envolve procurar tecidos, descosturar, preparar novos arranjos, pensar em alternativas e, em outros casos, são tarefas tão simples que vamos deixando de lado.

Aqui em casa, esses esquecidos ficam no limbo, um tacho de plástico que tenho e vou acumulando tudo o que não concluo, e, não é pouco, podem ter certeza.

Há duas semanas atrás resolvi encarar meus esquecidos, retirá-los do limbo e fiquei nisso mais de uma semana, mas valeu a pena. Abaixo mostro tudo o que saiu de lá:

 

1 – Encontrei algodão escondidinho nos meus tecidos, na hora providenciei uns paninhos, algo simples e fácil de lavar. Escrevi com caneta para tecido “pano” e “pia” para não tirarem o meu paninho da pia e usá-lo em outro lugar. O pano era para…. No meu entendimento ficou claro que era pano de copa, no meu marido, pano de chão. Imagina minha cara quando vi meus paninhos alvejados no chão. Mas tudo bem, vou relaxar e deixar assim mesmo, quando fizer outro escreverei, pratos.

DSCF5066

 

2 – Essa ecobag aí estava esperando eu ter paciência de separar tecidos, passar e medir meticulosamente, então sempre ficava no limbo que é lugar seguro! Depois de pronta, pensei comigo, porque demorei tanto?!

DSCF5069DSCF5070DSCF5068

De lambuja, me empolguei e fiz mais uma:

DSCF5072

DSCF5071

 

3 – Colocar um botão na bermuda do filhote que esperava pacientemente há mais de um ano. Sei, é um horror, mas tenho problemas com botões e eles são recorrentes no meu limbo. Percebam que a maioria das coisas que estavam paradas, tinham botões?!

DSCF5074

 

4 -  uma bolsa de gato, e essa já fez vários aniversários no limpo, porque também tenho problemas com gatos… Sei, sou uma pessoa complexa! Para não dizer outra coisa…

DSCF5075

DSCF5076DSCF5077

 

5 – Uma sunga do filhote que esperava pacientemente sua vez na longa fila e olha que era só trocar o elástico, mas como eu sou justa, lugar na fila é sagrado, aqui ninguém fura fila não.

DSCF5078

 

6 -  O tapete da minha máquina que estava há uns bons meses na fila. A máquina já foi até trocada e o coitado lá, no limbo. Mesmo não sido feito para essa belezoca, está cumprindo o seu papel;

 DSCF5081

 

7 – Essa mochila era um projeto recente, demorou cerca de dois meses entre fazer, abandonar, refazer e concluir,  e digo: NUNCA MAIS FAÇO E TAMBÉM NÃO RECLAMO DO VALOR DAS MOCHILAS E CONSIDERAREI AFRONTA PESSOAL A QUEM DISSER QUE MOCHILA É CARA!

Sério, não faço nem a pau, nunca mais, e o pior, fiz para o Felipe e ele não gostou, disse que era de criancinha (COMO ASSIM?!?!) tem cavalinho, chapéu de cowboy, violão… Ele pediu uma com o tecido do forro, esse xadrez….

DSCF5082DSCF5087

 

8 – saquinhos de tule para a Casa de Sahira. Fácil, porém cansativo. Já tentaram cortar tule sozinha? Escorrega que é uma loucura, um verdadeiro  teste de paciência.

DSCF5209DSCF5210DSCF5211DSCF5212

 

9 – E finalmente ela,  a destaque absoluta do limbo, a camisa polo do marido. Palmas para ela! Essa coitada foi a primeira peça que fiz em malha, chegou em casa prontinha, faltando apenas os botões (lembram?! Tenho problemas). E quando cheguei em casa, toda faceira mostrar para Mestre Branco e azul o presente que tinha feito para ele, toda orgulhosa, me achando, ele olha e pergunta: “Cadê o bolso? Eu só uso com bolso!” Sacou né?! Foi direto para o limbo sem direito a apelação.Então depois de quase 3 anos, concedi, de forma magnânima, o indulto do dia dos namorados, e olha como ela ficou:

DSCF5213DSCF5214

E acham que terminou? Quando acabei de fazer essa peça o limbo estava assim ó:

 

DSCF5088

Se eu contar como ele está agora, vocês não acreditariam, só para terem uma ideia, já saíram mais dois jogos de lençóis e 8 fronhas e tem 12 metros de voil me aguardando para aprontar minha cortina da sala, imaginem como estou.

 

P.S.¹: Felipe não reconheceu a bermuda e a sunga, será que fazia tanto tempo assim ou memória de criança não resiste a alguns meses, tudo bem, anos?!

P.S.²: Tem gente nova chegando por aqui, mas quando vou retribuir a visita e conhecer o blog, o perfil está fechado. Então se vc me acompanha e eu ainda não dei as caras, faça o favor de brigar comigo, mas não esquece de deixar o link do blog para eu poder me desculpar pessoalmente?!

18 comentários:

Tami Fonseca postou o comentário de número:

Adorei as suas costuras...ficaram todas lindas.
Bjs

karla dote - butterfly postou o comentário de número:

kkkkkkkk, adorei esse post!!! Se eu for fazer também um limpa por aqui... tenho até medo do que posso achar!!!! bjk

Palavras Vagabundas postou o comentário de número:

Cissa,
não vou nem mostrar meu limbo! São caixas... mas eu tenho uma teoria que tudo tem sua hora, rs
Adora fazer sacolas de retalhos elaboradas, acho que já te mandei umas fotos, faço e guardo e vou dando de presente, quando vejo tenho mais de 30 ou 40 prontas, aja aniversário! As suas ficaram lindas!
bjs
Jussara

Cris postou o comentário de número:

kkkk Eu também tenho um monte de coisa no limbo! Mas o seu diminuiu bem, né?

Bjs,

Cris

Marta Andrade postou o comentário de número:

Dei boas gargalhadas, também chamo de limbo e o babado é forte por aqui, todo vez que resolvo libertar algumas peças da prisão prometo que não vou mais fazer isso( nunca cumpro, é claro)tenho problema sério com botões( to aliviada de saber que não sou a única). Sorte foi a bermuda ainda ter servido.
Cut beijos e bons projetos

Lola postou o comentário de número:

VIXI!
Li teu post e ele me fez lembrar de uma tonelada de coisas minhas que estao no limbo...aff! rsrsrsrs
Bjs

Luciana Aragão postou o comentário de número:

Imagino ter que costurar nesses paninhos delicados e escorregadios...não tenho paciência.

Eu também deixo algumas coisas simples por meses imaginando fazer...porque né?

E outra, vou elogiar a ideia de por nomes nos panos porque também pensei nisso aqui...certa vez ao chegar em casa vi minhas lindas toalhinhas de copa no chão também...e pior...cachorrinho usou....


bjs

Circe postou o comentário de número:

Criatura de Deus, comecei a ler esse post e pensei comigo:
Com certeza esse trem vai estar fazio e ela vai mostrar prá gente.Ledo engano, mas como cabe coisas dentro desse cesto.
Mas o que me doeu foi ver o pano virar pano de chão, que dó, mas com caneta é fácil fazer outro.
Olha não deixa ficar tanta coisa lá dentro, dia desses vais ter coisas que quando chegarem nas tuas mãos não servirão mais no usuário,kkkk
Tudo de bom,
Abraços,

Neli Rodrigues postou o comentário de número:

Eu sei mto bem o que é isso.
Como eu não costuro o que acontece comigo é aprender uma nova técnica de artesanato, comprar um monte acessórios, tintas e etc e depois desanimar e ficar tudo lá no quartinho de despejo, ou juntar coisas (latas, caixas) pra reaproveitar, depois de uns 6 meses se marido viu que nem cheguei perto ele manda tudo pro lixo...mto justo.
Fico feliz que vc está de volta.
Bjs

Clau Ibiapino postou o comentário de número:

Achei que era só eu que tinha um "limbo", no meu caso é uma sacola que nem fecha mais...tenho até medo de abri-la...coregem!!!!
Bjs
Que Deus abençoe!!!

Kelly Dias postou o comentário de número:

Confesso que achei interessante a histporia do limbo, Sempre me senti frustrada com coisas que guardava para fazer depois e nunca fazia, agora quando cai um botão, ou algo descostura já dou um jeito de me livrar logo da peça pois decidi que não quero mais ficar me sentindo frustrada queria ter sua disposição rs, bjs e parabéns

Luciana. postou o comentário de número:

Oi Cissa! Gostei do limbo... tenho me policiado para não deixar muita coisa acumulando... rs, rs, rs...
Amei a ecobag.
O bom é que o Felipe deve ter gostado achando que eram novas, já que ele nem lembrava mais... rs, rs, rs.
Bjos, Lú.

Aaliyahrj postou o comentário de número:

"O que é um amigo? Uma única alma habitando dois corpos. " - Aristóteles

Feliz Dia do Amigo!!!
Bjoks

Casa Corpo e Cia: O jeito mulherzinha de ser. postou o comentário de número:

fala sério!
preciso dar umas voltinhas aí pra tomar umas aulas de costura contigo.
FELIZ DIA DO AMIGO minha querida!
Amo vc!

Marion postou o comentário de número:

Meu limbo é um armário cheio, mais umas caixas cheias de coisas começadas e não terminadas. Acho que preciso de um mês para esvaziar!!!! Rendeu, hem?

Lúcia Soares postou o comentário de número:

Cissa, quem costura tem mesmo essas postergações, acho que é preciso tempo e inspiração para se sentar em frente a uma máquina de costura.
De verdade, fiquei encantada e cansada de ver suas batalhas! Mulher maravilha, que trabalha fora, cuida da casa, de filho, de marido e ainda escreve, fotografa, diverte e inspira.
Beijo!

Christine postou o comentário de número:

Cissa, definitivamente aquela mochila é de bebê...hahahaha... Maior apoio para o menino que quer conhecer a China, de carro!
Mamãe, filhos crescem e com a velocidade da tecnologia, lembra? Não tinhamos lap top nem internet 3G qdo tinhamos o dobro da idade dele, para ser otimista...!!!hahaha
Beijoooooooooo e parabéns...
Eu não preg

Beka&Yel postou o comentário de número:

legal seus trabalhos também amo costurar apesar de estar costurando pouco ultimamente.

Você co
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...