Minha Mãe tentou me matar!!!

quinta-feira, 16 de junho de 2011



Calma, não teremos cenas de violência e nem de assassinatos... Peraí, que teremos sim. Será? Ah, sei lá, vamos aos fatos.

Filho com DNA Alienígena ficou dodói na quinta-feira passada. Febre ioio, que sobe e desce, vem e volta, sabe como é? 

Nas horas que estava sem febre colocava fogo na casa, mas bastava o remédio perder o efeito e era um "Manhêêêê" prá cá, um "Manhêêêê" prá lá, que me acabou... (mentira, me encheu o ego, adoro quando ele precisa de mim).

Ficamos nesse dilema  até sábado, quando vi que ele não parava de coçar a mão (aquela mãozinha pequena, fofa, gordinha, que mexe em tudo e não deixa nada no lugar). 

Me incomodei com aquilo e pedi para olhar... Adivinha o que era???

Isso mesmo, senhoras e senhores... Um bicho de mão!!! Quer dizer, um bicho de pé, mas como era na mão, virou bicho de mão!!!

Olhei para Filho com DNA Alienígena e disse que precisávamos remover o bicho.

Ele me olhou e pediu para que eu fizesse enquanto ele estivesse dormindo.

Mas não parava de coçar!!!

Então, resolvi pegar os instrumentos cirúrgicos (leia-se agulha e alicate esterilizados) e iniciar o procedimento cirúrgico de remoção de bichos indevidos nos quais sou especialista (porque sempre tive isso, na gravidez mesmo, me apareceu um bicho de pé (nutrido a toddy), no pé, mas minha barriga não me permitia chegar até ele e removê-lo. Como marido é chique e nunca teve esse tipo de pereba, não sabia remover e como morri de vergonha de ir ao médico para retirá-lo, fiquei, acho que umas 4 horas, fazendo acrobacias até conseguir alcançar o pé e tirar o bicho, óbvio que fiquei sem me mexer por semanas, mas isso é um mero detalhe!)

E começamos a operação... Houve um alarido enorme... Filho com medo de agulha... Eu tentando me concentrar... Os vizinhos procurando o número para ligar para o conselho tutelar... O pai todo preocupado ao lado segurando a lupa, porque afinal de contas a idade tem que marcar presença em algum lugar... Uma baderna, bem típico desta família.. .

 O bicho estava fundo. Foi difícil, mas nem doeu. 

Segundo o Filho com DNA Alienígena, não doeu porque não foi em mim... 

Por fim, ele percebeu que eu tinha que retirar mesmo, que era eu ou um médico sem nenhuma vivência na área. 

Depois de alguns minutos, foi com alívio que vi  aquela mãozinha pequena, fofa, gordinha, que mexe em tudo e não deixa nada no lugar, sem bicho nenhum. 

Ele todo choroso ao meu lado falou inconformado:

"Mãe, vou lá no teu twitter escrever assim ó:  Minha mãe tentou me matar! Assinado, Felipe"

Eu mereço!!! É essa a retribuição por todo o serviço prestado, logo eu, tão eficiente na arte de extrair bichos de pé?!

Coincidência ou não, logo depois a febre desapareceu de vez!!!

P.S.¹: Você já foi no Te Dou Sorte essa semana? O quê??? Está esbanjando energias positivas??? Corre lá que tem uma rapidinha deliciosa com a Iara Poesia e mais um sorteio!

P.S.²: Estou lá no Devaneios de uma Professora meio maluca, da minha amiga gaúcha @profFernanda (ela acha que é meio... Tenho certeza que é inteiramente maluca, mas abafa). Vai lá ver a minha última arte e aproveita para conhecer essa querida que é uma pessoa especial e torce para o melhor time do mundo!

P.S.³: Essa semana carteiro me visitou, logo eu volto para mostrar alguns dos mimos que ele me trouxe lá de longe!


29 comentários:

Neli Rodrigues postou o comentário de número:

Cintia, tb passei por isso nestes últimos dias, sei mto bem como é essa operação de guerra. A escolinha da Yasmin levou as crianças p/ passar uma manhã no sítio, ela foi de bota, mas mesmo assim apareceu a "coisa" no pé da coitadinha. Eu que nunca peguei essas "perebas" achei que era olho de peixe, mas marido disse que era bicho de pé. Quem tirou foi ele, eu só fiquei dando assistência segurando beeeem apertado minha filhotinha. Mas, graças a Deus, ela não ameaçou marido com denúncia no twitter.
Bjs♥

Silvia Mingardi postou o comentário de número:

Bom dia Cíntia... estou imaginando a cena... o Felipe com o bicho de mão (pé) e você toda equipada para a retirada do intruso... o Felipe tem toda razão pois o bichinho coça muito...
Ano passado ganhei esterco pra minhas plantinhas e adivinhe só... tinha muitos brindes (bichos de pé), não teve quem não pegou... eu, minhas filhas, meu marido, minha mãe e meus cachorros (5) e (2) da minha mãe... tenho até medo de comprar mesterco depois disso... pois o bichinho incomoda muito... mas a quem goste de pegá-lo...
Tenha um excelente dia...
Beijos!!!

Tayrine Castro postou o comentário de número:

Cyntia você é muito engraçada e seu filho também tem a quem puxar. Adorei a sua historia , e bicho de pé e cruel já tive também, morava na fazenda sabe como é né.
Beijinho e ate a próxima.

Cíntia postou o comentário de número:

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkCíntia vc não existe!!!Doida daquelas varridas mesmo kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.
Ainda bem que o bichinho foi extraído sem maiores complicações :)porque confiar em vc é complicado kkkkkkkkkkkk
Beijosss

Lola postou o comentário de número:

Putz Cíntia! Fazendo assim com o moleque? Ai, ai, ai! kkkkkkk
Mas peraí...pq tiraste o tal bicho de pé na mão? Deixa ele "amadurecer", vulgo infeccionar. Coça gostoso e depois é só espremer! Dica de quem fazia de bosta de vaca chinelinho na fazenda. Uhu! hahahahahaha

Bjs

Nanda postou o comentário de número:

Ow, mulher, que dificuldade danada...
afffyy eu sofri mt de bicho de pé na infância, mas não tenho ideia de como tirar (painho quem tirava e realmente não doía muito... rs), sorte dele que não tinha twitter na época. kkkk
Bjus

Palavras Vagabundas postou o comentário de número:

KKKKK
Eu já tive tanto bicho de pé que perdi as contas, mas nunca tive na mão, mas já vi gente que teve. Que pai chique esse que nunca sentiu uma coceirinh no pé, rs
Beijos pro Felipe e prá você!
Jussara

Rosana Menegueli postou o comentário de número:

Cintia, essa foi demais,rsrsrs
Coitado do menino!
Beijão tipo "sara dodói" especial pro Felipe ou mais conhecido como Filho com DNA Alienígena,rsrsrs

Paula...(Cotidiano de uma Amig@) postou o comentário de número:

Oi lindona...

Menina! Não sou chique não, rsrsrs...mas nunca tinha visto um bicho de pé, e fui procurar saber o que era(google)...rsrs, já ouvi falar que coça demais!
Por estar profundo, tenha desencadeado a febre. Ainda bem que tudo deu certo! E a maozinha fofinha esta pronta para voltar a ativa...rsrsrs.

Beijinhossss.

Elaine Tasquim Biason postou o comentário de número:

Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Seu filho é uma comédia!!!
Pobre criança, sofrendo horrores e a mãe chega com uma agulha do tamanho de uma faca, cegueta e quer decepar o coitado, kkkk, pelo menos é oq deve ter parecido pra ele né?
Essas coisas de familia só acontecem com a gente...
Tenho uma priminha que precisou operar a adenóide quando tinha 4 anos, hj ela tem 7 e toda vez que minha prima chama a atenção da criatura, ela acusa minha prima de ter tentado assassinar ela. Quando ela chora e escorre o nariz, a culpa é da minha prima que mutilou o nariz dela, kkkk
beijos querida....

Maria Lúcia - Asas da Imaginação postou o comentário de número:

Oi Cíntia!
Hahahahaha... já me diverti até... tal mãe tal filho! A tirada dele foi genial; é divertido como a mãe...rsrsrs.
Quanto às comfort foods, sou como você... tenho uma lista enorme, e a carne moída com moranga faz parte... amo!
Beijocas.

Carla Pathy : postou o comentário de número:

Oi Cíntia!
Passo sempre por aqui mas não deixo comentário porque sempre passo "voando" Pra ver como anda tua vida em Sinop!!!
Mas adorei teu relato!!! Aliás, adoro te ler, teus escritos são maravilhosos, cheios de humor e realidade!
Adoro isso aqui, menina! Beijinhos e q=uan do der passa lá no blog (http://pathyarteira.blogspot.com)

Adriana postou o comentário de número:

KKK, SE FILHO TEM A QUEM PUXAR, VC É MUUUITO DIVERTIDA!!! ADORO VIR AQUI!!!

BEIJOSSSSSSSSS

Denise Lopes postou o comentário de número:

Querida Cintia, sei quee st[a bem...Fiquei muito feliz com a sua saudade. Muitas coisas aconteceram que me fizeram estar longe do magazine, mas em breve estarei de volta, e nos veremos mais por aqui. Obrigada pelo seu carinho e amizade de sempre, te gosto muito, beijos enormes!

Adelaide Araçai postou o comentário de número:

Cíntia.......adorei a história toda, e aqui em casa é bem assim, eu já tive de tudo de piolho a bicho de pé, era campeã tanto que eu mesma retirava os meus na minha infância (que foi ontem). E quando minha filha ou marido tem algo similar, eu falo que não vou me envolver que eles que vão no médico. E eles já falam mais você tem mais experiência que os médicos....só que não adianta depois juntam-se os dois falando que vão me processar por homicidio doloso.

Muita luz e paz
Abraços

Ana Paula Santiago (inventandocasa.blogspot.com) postou o comentário de número:

Nunca tive, mas não sou chic, porque na infância vivia com a "tampa" do dedão do pé arrancada! kkkk Levava topada o tempo inteiro!!!!!!!! O Felipe é dramático, a quem será que ele puxou?kkkk
Beijo para ele, pra vc!

Anita postou o comentário de número:

Só tu mesmo, imaginei a cena com facilidade, não que seja experiente em retirar bicho de pé pq nunca tirei nenhum, mas agulha para tirar espinhos e gritaria como se estivesse matando alguém em casa me é bem familiar, rs. Bom finde, bjs. Ah, já teve a festa do dinossauro???

josianaleite.leite@gmail.com postou o comentário de número:

kkkkkk to rindo eu sei que foi um drama mais amiga muito bom esse procedimento quase cirúrgico, olha mãe é pra isso mesmo mão pra toda obra.
Josiana Leite

Kelly postou o comentário de número:

Ai menina fiquei aqui imaginando toda a cena kkkk primeiro deixa te avisar que cai aqui graças ao blog da Fernanda.
Achei que só ia passar, mas gostei tanto que resolvi ficar de vez rsrs
Vou linkar teu blog no meu tá certo?
Beijos e bom fim de semana

Ale Quejinho postou o comentário de número:

Tenho passado aqui sempre, mas não dá tempo de deixar recado...mas hoje consegui. Parabens pelo blog que está sempre lindo!
Ale

Alessandra Rigazzo postou o comentário de número:

Tadinho!!!!
Mas adorei o "médico sem vivência na área" e a excelente sacada do seu filho em divulgar seus "maus tratos" no Twitter! rsrsrs
Já vi minha mãe tirando esses bichos do meu tio que morava na roça. Quase morri só de pensar naquilo.

Bjo,
Ale

Camille postou o comentário de número:

ai que nervoso tirar esses bichinhos! hehehe
minha mae tentou me matar eh ótimo! hehe
bjs

Taia Assunção postou o comentário de número:

Já removi muitos nos pés dos meus filhotes...sem contar os bichinhos geográficos que insistiam em mapear o corpo dos pequenos...rsrsrs. Beijocas!

Cris postou o comentário de número:

Jeeeezuiz....kkkkkk...não sei se é pra rir ou pra chorar de dózinha do filhote, tadim dele! Bicho de pé, de mão, que trocim mais chato!
Como sempre, adoro vir aqui ler tudo que vc escreve, desaluvia a alma..kkkk...Beijos aos 2;vc e filhote!

poof postou o comentário de número:

Lendo tua estória lembrei de um bicho de pé que tirei de um amigo! Ele desmaiou qd viu o sangue escorrendo, o bicho era grande. foi melhor qd acordou jpa tinha até curativo,isso já fazem 20 anos e ele ainda lembra como o dia que eu o tentei matar,kkkkk

Joana Abreu postou o comentário de número:

Ei Cintia
Estou morrendo de rir aqui... Eu já tive vários tb. Meus pais tinham sítio e era batata, era só sentir uma coceirinha nos dedos do pé e podia saber que era o bichinho, mas confesso que até gostava :/
E tinha toda a parafernália e preparação para a retirada do bendito...
Ai ai, me fez lembrar de boas coisas da vida rs
Beijinhos

Janete postou o comentário de número:

kkkkkkkkkkkkkkk.... imagino seu filho com DNA alienígena... deve ser como o meu!!!Mas antes assim né??? Amei seu blog, conheci pelo mosaico da Rê.Bj

Renata Brigeiro postou o comentário de número:

Oiê!! Que "conto" mais hilariante (menos pro pequeno). Vim pelo mosaico, o título me ssustou!!! Abraço

Anônimo postou o comentário de número:

Cheguei aqui através do oráculo (Google). Adivinhem p q? Estou com um bicho de pé na mão! Mais precisamente no polegar da mão esquerda. O meu ñ está coçando, só doendo mesmo! Enfim, agora q sei como tirá-lo, vou cair p/ dentro deste bicho!
Texto divertidíssimo! Parabéns!

Você co
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...