Para que não se esqueça, para que nunca mais aconteça...

sexta-feira, 8 de outubro de 2010


Meu trabalho de conclusão de curso foi sobre a Ditadura Militar. Abordei o modo como era tratado o tema nos livros didáticos do ensino fundamental e o senso comum dos anos 90, que induzia ao esquecimento rápido de tudo. Lembro que o subtítulo era algo como "Amnésia Oficial".

Na época, consegui entrevistar um preso político, funcionário público, que por estar vinculado a um partido político e ao sindicato de sua categoria,  havia sido transferido pela repressão para Aquidauana, Mato Grosso do Sul, longe da familia e amigos. Claro que essa é uma historia branda se compararmos com as outras que aconteceram, mas também poupei vocês dos detalhes das prisões e torturas sofridas por ele e outros conhecidos.


Embora a mídia propague aos 4 cantos que somos livres, que a Ditadura é algo que aconteceu há muito tempo atrás, que não é bom nem lembrar, ainda temos no Brasil cerca de  140  desaparecidos políticos, e esse número são apenas daqueles  que foram reclamados. 

140 pessoas que não conseguiram sair do país há tempo, ou não tinham condições para isso, e foram caladas, da pior maneira possível, torturados, humilhados e abandonados. Até hoje, crematórios clandestinos são descobertos.

Pessoas de todas as idades, de todas as classes, de todas as profissões que defendiam o direito básico de se fazer ouvir, de se organizar, de garantir um Estado que não se vendesse apenas aos interesses do Kapital. (e é com K mesmo para mostrar de que escola venho, rs)


Meu medo sempre foi de que nesta ânsia de esquecer o fantasma do passado, de recomeçar, negássemos sua existência e relêssemos a história de outra maneira. E hoje, para meu desespero, é o que vejo:

Recebo diariamente emails falando sobre a candidata Dilma. Neles,  ela é retratada como terrorista, bandida, criminosa, assassina...

Em nenhum deles se fala da causa que ela defendia, da tortura a que foi submetida, as perdas que lutar pela liberdade trouxeram a ela, ou mesmo de quantos companheiros de luta ela viu desaparecer impunemente. 



Mas sabe o que mais me assusta nisso tudo?

Grande parte desses emails recebo de mulheres.

Mulheres que não tem coragem de enfrentar os maridos que as agridem, mulheres que não tem peito de denunciar o assédio moral a que são submetidas no ambiente de trabalho, mulheres que querem todos os direitos, e até não se negam a cumprir seus deveres, desde que não atrapalhe o horário da novela das oito.

Mulheres que foram criadas e hoje criam baseadas na premissa que mulher que se envolve em algumas coisas, boa bisca não é.

Mulheres travestidas de preconceitos, de um senso comum que fere e nega  sua essência.

Porque trato disso agora?

Porque aprendi desde cedo, que como Gramsci: "Odeio os indiferentes...Acredito que viver significa tomar partido..."

Meu voto é dela:  Destemida, Militante, Guerilheira, Mulher na Essência!
Meu voto é Dilma. Por tudo e por todos!

Dedico esse post a todas as mulheres que lutam diariamente pelos seus ideais, que perderam seus maridos, filhos, irmãos e amigos, na luta por se fazer ouvir.

Dedico também a Patrícia Daltro, do Blog A Vida sem Manual, que, como eu, não sobe no muro.

Dedico ainda à amiga Mari, do Blog Marinildadas Cansadão,  e à amiga Silvana, do Blog Interior Adentro,  que vivem e  sofrem este momento.



P.S.¹: Quer saber mais sobre os desaparecidos políticos, visite Memórias Reveladas.

15 comentários:

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez postou o comentário de número:

Muito importante esse seu post, Cintia. Realmente uma grande borracha foi passada na história. Ontem mesmo ouvi uma garota, indignada, dizer que achava um absurdo a recente questão do prêmio Nobel e o chinês premiado. E soltou a pérola: ainda bem que no Brasil nunca aconteceu esse tipo de coisa, nunca teve ditadura. Eu não aguentei e perguntei se ela havia frequentado o ensino básico, porque é demais ne

Não entendo essa postura parada da Dilma e o pessoal da campanha dela. realmente ela tem sido demonizada. e muita gente não sabe da luta política, a briga pela liberdade e democracia que ela enfrentou.

Eu votei na Marina, não sei se a Dilma está preparada para governar o país. Mas ninguém deveria desrespeitar a história de vida dela com tamanha demonização, ela não foi uma bandida.

bjs e bom fim de semana!

Karla Jeanne postou o comentário de número:

Cintia minha querida amiga, compartilho com vc a indignação de saber desse tão triste passado do nosso País.
Mas não compartilho com vc no ponto de vista a respeito da Candidata Dilma, respeito a história que ela tem de luta e militância no Brasil. Mas na minha opinião ela não merece meu voto e nem da minha família, tão pouco o Candidato Serra, por inúmeras razões, mas a mais forte delas é com relação ao aborto, já pensei várias vezes, vi quase todos os seus debates, e até agora não encontro motivos para que ela tenha meu voto. Deixo aqui o link de um vídeo que encontrei na internet, veja e dê sua opinião.

http://www.youtube.com/watch?v=4cJZZzWysN4

No mais querida tenha um santo fim de semana abençoado!!!!!!

Tati Pastorello postou o comentário de número:

Cintia, este assunto é muito forte na minha casa. Meu pai fez parte desta história, foi ele também um preso político, ficou viúvo aos 20 e poucos anos, sua primeira esposa foi metralhada por militares à luz do dia e seu corpo, escondido por muito tempo. Há em meu pai muitas marcas, mais internas que externas, ele deu sorte! Também sinto repugnância por esta campanha sórdida. Votei na Marina no primeiro turno, votarei na Dilma no segundo. Não dá para assinar embaixo desta campanha baixa que o Serra tem feito! Não acho que ela era a Presidenta que eu sonhava, assim como nenhum dos candidatos desta ano me inspirava grandes coisas. Torço para que faça um bom governo, por que sou da turma que acredita que o Brasil tem jeito sim, mas é trabalho duro, e foi com meu pai que aprendi a ser idealista e a acreditar no meu país!! Beijos.

Palavras Vagabundas postou o comentário de número:

Cintia,
muito bem! Ao esquecermos o passado vamos repetir os erros!
A Dilma não merece, o PT não merece.
Esta semana me dediquei a responder todos os emails maldosos que recebi. Sabe o que é triste? Quem me mandou são "inocentes úteis", com menos de 30 anos e na minha opinião pouco instruídos.
abs carinhosos
Jussara

Elaine Canha postou o comentário de número:

A Lu Ramos do minha casa, meu mundo também fez um post assim.
Infelizmente a maioria das pessoas é hipócrita e individualista, achando que nunca vai acontecer com elas.

Beijos

mari postou o comentário de número:

Cintia, tão bom seria se a campanha eleitoral transcorresse toda no nível do seu post e dos dois comentaristas (Alexandre e Karla) que vejo até agora... Defesa de ideias com gentileza e respeito raros. Se fosse assim em toda parte não chegaríamos ao dia 31 divididos e amargurados. Parabéns. Também voto na Dilma pelo passado de luta, mas principalmente pelo presente de competência, coragem e esforço na busca da justiça social. Tomara que ela consiga forças para suportar tantos ataques e chegar inteira ao fim da campanha. Ela está sendo talvez a mulher mais vilipendiada da história política mundial.

Carla postou o comentário de número:

Olá Cintia,
Como sempre leio seus posts e comento não poderia deixar de comentar este com tanta sabedoria,da infância a juventude convivi com muitas coisas que não concordava e também não entendia, pois em minha familia tive primos preso politico e torturado e também vários militares graduados, e como cresci em uma cidade do interior de São Paulo tudo era muito "abafado",você acredita que quando um professor desaparecia, diziam na cidade que um disco voador tinha levado....Bom você já viu né???Meus pais não comentavam politica pois meu pai na época trabalhava em um banco estatal, achava melhor não comentar determinados assuntos com os filhos.Eu era a mais interessada em assuntos politicos e discordava sempre de algumas coisas, e meu pai dizia tudo bem filha o que você comenta aqui pelo amor de Deus não fale na escola....
Bom o tempo passou eu fui fazer Faculdade de Direito e assim que me formei conheci meu marido Uruguaio, o que eu aprendi de politica de esquerda foi com meu marido e principalmente quando nos casamos e eu fui viver na Australia por motivos de trabalho e familiares de meu marido, na época governada por um partido trabalhista.
Eu trabalhava para um banco estatal australiano como interprete e conheci refugiados politicos de vários paises da América Central com histórias de vida maravilhosas, histórias que nunca pude estudar aqui no Brasil, vi filmes que aprendi muito sobre muitos povos, assisti muitas palestras maravilhosas, oferecidas nas universidades.
E isso tudo me fez uma pessoa diferente, não posso ficar alheia aos acontecimentos.Sei que por conta disso até com familiares somos criticados.
Sou feliz pois estou criando minhas filhas com valores que eu acredito.
Vejo ainda hoje pessoas vivendo felizes em seus condominios de luxo trancados para a vida pensando somente no seu próprio umbigo,prá que pensar no todo....
Bom querida amiga Cintia é por este motivo que gosto muito do gaúcho que é muito politizado e idealista.
Tenho visto aqui onde moro um modismo,votam porque a turma do condominio acha chique, a turma acha isso e aquilo...Me poupem né??
Respeito o voto de todos e todos são livres para votar em quem quiser, mas desde que seja por um posicionamento politico estudado, analisado e consciente, não porque uma onda está indo para um lado....
Eu continuo com minhas convicções
pois não posso abandonar tudo aquilo que estudei e aprendi.Meu voto é para o partido dos trabalhadores.
Um beijo e um lindo final de semana,
Carla

Carla postou o comentário de número:

Olá Cintia,
Como sempre leio seus posts e comento não poderia deixar de comentar este com tanta sabedoria,da infância a juventude convivi com muitas coisas que não concordava e também não entendia, pois em minha familia tive primos preso politico e torturado e também vários militares graduados, e como cresci em uma cidade do interior de São Paulo tudo era muito "abafado",você acredita que quando um professor desaparecia, diziam na cidade que um disco voador tinha levado....Bom você já viu né???Meus pais não comentavam politica pois meu pai na época trabalhava em um banco estatal, achava melhor não comentar determinados assuntos com os filhos.Eu era a mais interessada em assuntos politicos e discordava sempre de algumas coisas, e meu pai dizia tudo bem filha o que você comenta aqui pelo amor de Deus não fale na escola....
Bom o tempo passou eu fui fazer Faculdade de Direito e assim que me formei conheci meu marido Uruguaio, o que eu aprendi de politica de esquerda foi com meu marido e principalmente quando nos casamos e eu fui viver na Australia por motivos de trabalho e familiares de meu marido, na época governada por um partido trabalhista.
Eu trabalhava para um banco estatal australiano como interprete e conheci refugiados politicos de vários paises da América Central com histórias de vida maravilhosas, histórias que nunca pude estudar aqui no Brasil, vi filmes que aprendi muito sobre muitos povos, assisti muitas palestras maravilhosas, oferecidas nas universidades.
E isso tudo me fez uma pessoa diferente, não posso ficar alheia aos acontecimentos.Sei que por conta disso até com familiares somos criticados.
Sou feliz pois estou criando minhas filhas com valores que eu acredito.
Vejo ainda hoje pessoas vivendo felizes em seus condominios de luxo trancados para a vida pensando somente no seu próprio umbigo,prá que pensar no todo....
Bom querida amiga Cintia é por este motivo que gosto muito do gaúcho que é muito politizado e idealista.
Tenho visto aqui onde moro um modismo,votam porque a turma do condominio acha chique, a turma acha isso e aquilo...Me poupem né??
Respeito o voto de todos e todos são livres para votar em quem quiser, mas desde que seja por um posicionamento politico estudado, analisado e consciente, não porque uma onda está indo para um lado....
Eu continuo com minhas convicções
pois não posso abandonar tudo aquilo que estudei e aprendi.Meu voto é para o partido dos trabalhadores.
Um beijo e um lindo final de semana,
Carla

Simone Artesanais postou o comentário de número:

Oi Amiga!!!!
Compartilho com vc tal indignação!!!!
As pessoas esquecem o passado muito fácil!!!!
Um povo que tem coragem de votar em um "palhaço",analfabeto sim pois ele admitiu que é um analfabeto,como pode lembrar daqueles que se foram por apoiar ou lutar por causas justas!!!!!
O povo ás vezes tem maior culpa por não termos ensino digno e modo de vida decente,mas quem luta e se sagrifica perde a vez,quem quer um politico no governo que sempre deixou seus cargos pela metade e que quando foi ministro o que fez pela nossa saúde!!!!!!
Apoio vc e quem assumir que esse pais está indo de mal a pior.Meu voto foi da Dilma no primeiro turno e será agora novamente!!!!!
beijos doces

calma que estou com pressa postou o comentário de número:

ficar em cima do muro- eu não fico - mas também não voto em Dilma por fazer parte de uma história que muitos viveram, então votemos em algum judeu que sofreu no nazismo, acho que politica e politicagem estão emaranhadas aí...
estão usando contra e quem gosta dela usa à favor- claro que não esqueço - ouvi muito sobre a ditadura, tive parentes sumidos, e teve até na Argentina dois primos desaparecidos políticos do pa´si deles, mas tb tudos esqueceram!
eu já fui PT roxa - daquelas de usar a estrelinha, ir em passeatas, votei no lula.. e olha a m que deu.. dizer que o brasil melhorou ? melhorou para quem recebe bolsa familia, bolsa tudo, e nós pagando, isto é acabar com a pobreza?
A Dilma ao meu ver vai ser aquela que vai ter um ponto" no ouvido e vai falar tudo que lhe mandarem, ela nã vai ser presidente- a turma de trás dela que vai ser! mas agora querer condenar (o que ela quer fazer) os militares de hoje pelos crimes daquele tempo, então me queimem em praça pública porque tenho origem alemã, então sou nazista tb-
ela, o lula e vários já estão recebendo o bolsa ditadura, e por ela ter sofrido ela merece ser presidente do Brasil- ao meu ver não tem ninguem na disputa que mereça! isto que eu não gosto de discutir politica- mas esta é minha opinião - apesar de saber que ela já ganhou - a globo quer!
e não mimata hein - migas sempre apesar das discordâncias
bjs

Provance Home Banho postou o comentário de número:

Oi migaaaaaaaa...
Serei mais breve .....não vou falar de política!!!
A gaiola eu compro de uma mulher dezzzzzzzzzzzzzzzzzz como nós nehhhhh!!!!
Bjsssssssssss e mais uma vez , amuuuuseu blog..
Bjss

Silvana - Interior Adentro postou o comentário de número:

Oin Ciiii!

Amei vc ter aberto o coração - e o voto - aqui!

eu ando tão indgnada com coisa que ouço aqui no meu mercado, Ci...

eu já odeio essa cidade faz tempo, se eu ganhasse na mega sena me mudaria desse covil de cobras peçonhentas e ingratas: mamaram nas benesses do gov. Lula e retribuem com essa traição, votando no bandido do Serra!

Ci, estou muito triste com essa eleição, muito agoniada pq sei que há gde possibilidade da Dilminha não ganhar.

Acabei de ler a matéria de um cara conhecedor do assunto, de probabilidades e que acertou sobre o crescimento da Marina. Ele diz que, estatisticamente, falta apnes 2,5% para o Serra ultrapassar a Dilma!!!

(leia aqui:
http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/efeitos-de-campanha-2%C2%BA-turno-promessometro#more

Ci, 2,5% é muito pouco!!! E é muito possível que venha bomba no caminho, pois o PT não conseguiu nesse tempo todo de campanha blindar a Dilma, que está vulnerável demais com assuntos como aborto e religião.

e vc trem razão qdo diz que muitos renegam seu passado e sua história, como se a Dilma tivesse sido guerrilheira por opção - e não foi, ela queria era a liberdade do Brasil, o que é muito diferente!!

Essa semana falava com um moço que é advogado, deve ter uns 35 anos e até rola paquera entre nós (rolava, na verdade). Ele disse que votou no Serra pq Dilma é guerrilheira e ele tem medo...kkkk

Menina, quase surtei com o cara!! Como pode um advogado, instruido, com internet à mão falar uma coisa dessas? Broxei geral...rs

Hoje a noite tem debate na Band e estou com os nervos à flor da pele só de pensar no que acontecerá, se haverá bomba ao vivo. Pq vc sabe que "Serra em campanha é baixaria na certa", como diz Cyro Gomes.

Vc fez bem em falar da Dilma, ela precisa de defensores!

Obrigada pela menção ao meu nome, sinto imenso orgulho de lutar com ela, mesmo tendo apenas meu bloguinho e um comérico pra disseminar a verdade.

Beijooooo

Silvana - Interior Adentro postou o comentário de número:

Ci, como pode alguém pensar que a Dilma será alguém com ponto eletrônico a lhe mandarem fazer as coisas? Aff, cada uma que a gente lê! Tenham dó!

Se a pessoa soubesse como o Serra é de verade...

tínhamos de descobrir um meio de desmascará-lo, pois ele compra toda a mídia.

Mas isso é guerra de peixe grande, o PT e aliados tem de encontrar meios de fazer vir à tona a verade...

Beijoooo

calma que estou com pressa postou o comentário de número:

uauuu- e viva la democria!
este "ALGUÉM" sou eu..simplesmente eu...discordar tudo bem, mas escrever deste jeito Dona Silvana - chamaria até ditadura isto -

Dona Amélia postou o comentário de número:

Oi frô...
Tenho as minhas opiniões políticas que não diferem em nada das tuas, mas não sei debatê-las tão bem, e sei lá, já vi tanta baixaria quando se fala em política que eu desisti mesmo. Mas sabe, há certas coisas que me deixam passada, como por exemplo, olhar pro trabalho de um ser humano a favor de sua pátria e chamá-lo de bandido por isso. Ora, o Serra foi exilado pq?? Não foi por defender o mesmo que a Dilma? pq ele é santo e ela demônio?
E com relação ao aborto, eu sou totalmente contra o aborto, não faria nunca na vida, mesmo que me visse obrigada a abrir mão da minha cria pra outros, mas vem cá, será que vale à pena continuar tapando o sol com a peneira e deixar as milhares de clínicas clandestinas continuarem a ganhar dinheiro? Sou a favor da legalização do aborto sim, não como apologia a disseminá-lo, mas ao contrário, como forma de instruir, e de fazer as pessoas pensarem melhor, e claro, cada um arcar com as responsabilidades de SEUS próprios atos. Acho o ser humano, em geral mesmo, muito arrogante, pois crê que a sua verdade será sempre a única e a toda poderosa!
Enfim, vamos torcendo e acreditando que um dia poderemos viver num país livre de toda a politicalha, mesmo sabendo que o poder corrompe e que o dinheiro é a mola mestra que faz o globo girar!

Xerinhos, frô!
Paty

Você co
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...