Estou Fu....

domingo, 31 de outubro de 2010


Desculpe o linguajar chulo, mas infelizmente, não há outra expressão para indicar com precisão minha situação...

Já vou avisando a todos que o que se seguirá abaixo não é nada divertido, será um post de reclamação, então pensem bem se querem continuar lendo. (Isso... Me abandona... Eu não mereço atenção mesmo...)


Também quero dizer que se sua intenção for me consolar ao final do post... Desista! Não quero consolo, nada de dizer que a vida é assim mesmo, que Deus sabe o que faz, que tudo vai dar certo... Nada disso, quero ser vítima!

Mestre Branco e azul está na solitária porque fez pouco caso da minha situação... Não sei quando sairá de lá, estamos discutindo o indulto de Natal, mas não sei não...

Filho com DNA Alienígena que é esperto e tem um instinto incrível só chega perto de mim para abraçar, beijar e dizer: "Que querida essa  minha véinha!"

Então está, entenderam bem o que vem pela frente? É por sua conta e risco!

Começaremos pelo início (nada de dizer que isso é óbvio, não leu as letras minúsculas do contrato virtual que diz que quando a pessoa está numa crise de vitimismo NUNCA deve ser contrariada e pode usar as expressões que bem quiser?!)

Todos que por aqui passam, sabem que sou diabética ( Não sabia? Você não se preocupa comigo mesmo! Tanto tempos juntos e você nunca me viu reclamando da minha adoçante existência? Ninguém presta atenção mesmo no que falo?)

Pois então, quando descobri o diabetes, cerca de 2 anos atrás, (sou do tipo II, isso se alguém tiver interesse em saber...) houve algumas pérolas que me serviram naquele momento de consolo, mas antes deixa eu explicar a situação de descoberta da dita.

Abre-parênteses: Fiz exame em junho de 2008, como fazia sempre, por ter pai e mãe diabéticos, e como já estava acostumada, deu tudo lindo, números exemplares. Daí, meu amado pai faleceu abruptamente em julho do mesmo ano, em decorrência de um choque séptico, causado pelo diabetes.
Nesse período tive que me manter forte, para que Filho com DNA Alienígena suportasse bem a perda, sem contar com o restante da família e amigos que ficaram desesperados.

Em outubro de 2008, precisei ficar mais de um mês em Cuiabá à trabalho, e lá que comecei a me sentir estranha, imagina você, tentando lidar com uma perda, longe da família, sabendo que todos estavam arrasados, num quarto de hotel, acompanhada de uma pessoa que não se importava com nada do que eu passava (o que é normal, não estou, de forma alguma, julgando,  nem todos são solidários com as dores dos outros e nem precisam). Só sei que todas as noites chorava sozinha no banheiro,sofri demais, me sentia perdida, desamparada...

Eis que em novembro de 2008 voltei para casa e fui fazer um exame (até porque precisava justificar porque fazia o carro parar a cada meia hora para eu ir ao banheiro, fazendo uma viagem de 6 horas, se arrastar por 8 - era isso ou ficaria conhecida como Maria Mijona!).

E o resultado foi que minha glicemia andava brincando nas nuvens. Na mesma hora o médico entrou com o medicamento e me avisou que se não baixasse, eu iria para a insulina. Nem preciso dizer que morri chorando. Fecha-parênteses.

Então, quando descobri o diabetes e depois de vários testes e adaptações, ouvi do meu médico que deveria dar graças a Deus por ter desenvolvido apenas o diabetes, pois muitos pacientes que passam por um processo traumático como eu e não colocam para fora sua dor, podem desenvolver até cancêr.

Tudo bem, pensei eu. Muito melhor o diabetes, sem sombra de dúvidas!!!

Algum tempo depois, comecei a sentir o peso da adaptação. Parece que toda a mulher que eu conhecia estava grávida e resolvia fazer o chá de bebê para me provocar, eram convites e mais convites que eu recusava porque era torturante ver tanta coisa e não poder comer nada, nem refrigerante diet se encontrava nessas situações. Sem falar as outras situação a que era submetida cotidianamente.

Um dia,  a enfermeira do posto de saúde saiu com a máxima das máximas: "Hoje em dia é melhor ser soro positivo que diabético, a expectativa de vida é muito maior do soro positivo."

Agora me diz: Eu precisava ouvir isso???

Mas tudo bem. Estou aprendendo a viver em restrição, embora me rebele em alguns momentos e convoque todos os doces e carboidratos para uma manifestação pública de repúdio...

Até semana passada eu até que estava conformada, já apareciam refrigerantes diets nas festinhas, os pratos foram adaptados para que eu pudesse participar, não precisava mais ficar justificando que eu não podia comer nem um pedacinho da Po**@ do doce. Que não era desfeita ou má vontade, que um só pedaço poderia me fazer mal sim.

Já me acostumava  até com as risadinhas e sarcasmos quando me viam ingerindo um doce que não era diet e pacientemente, coisa rara em mim, explicava que eu não era contraditória e que quando eu entrava em hipoglicemia eu devia comer um doce para regular a glicemia... Mas...

O raio não cai duas vezes no mesmo lugar... (Não seria eu a ter mais de uma doença crônica, ora!)

O trabalho dignifica o homem...

Deus ajuda quem sempre madruga (Tô lascada, será que é por isso?)

Quando o médico pediu para eu fazer exames e procurar um reumatologista, achei que era precaução dele, que era só para descargo de consciência, mas nada, cheguei sexta e fui olhar o resultado e estava lá.

Reumatismo!!!

Não sei ainda do que se trata, porque não encontrei reumatologista aqui na cidade e nem em Cuaibá que atenda pelo meu plano de saúde (GEAP -  e agora sim que a UNIMED não vai mais me querer)  vou ter que voltar ao meu médico e pedir orientações até viajar para Porto Alegre e poder consultar.

Mas...

Como desgraça pouca é bobagem...

Pau que nasce torto nunca se indireita...

E chuva de prata que cai sem parar (ops, isso é outra coisa)

Resolvi ir a luta e não ficar me vitimando. Iria ser madura, lidaria com o problema quando ele realmente se apresentasse em todas as suas facetas.

Resoluta de que não adiantava chorar pelo leite derramado, e não querendo me atirar nos doces, estando sem precisar cortar o cabelo (a não ser que quisesse ficar careca), decidi  utilizar a outra saída tática para evitar a depressão:   fui às compras...


Saí para comprar minha overlock, presente de Natal que minha mãe me deu (Já?! Claro, estou doente  e me fazendo de vítima, lembra?!) e fui informada que não tinha mais a máquina, só daqui a sabe lá quando.

Olhei para o moço pasma com as situações com que a vida me presenteava e disse:
Claro que não tem, o senhor não quer me vender porque sou diabética e tenho reumatismo, eu sei!

Claro que o moço da loja não entendeu nada!!!

E saí de lá com os olhos cheios de lágrimas, indignada, sabendo que minha única solução seria ou os doces ou o vitimismo... Já viram qual foi a minha escolha, não é?!


P.S.¹: Quando a máquina chegar, quem vai lá comprar é Mestre Branco e azul... Capaz que entro lá mais uma vez...

P.S.²: Uhuuuuuuuuuuuuuuu! Estou com a alma lavada e enxaguada...  A Estrela continua a brilhar! Dá-lhe Dilma!!!

P.S.³: E ainda estou com TPM! É para acabar!!!






47 comentários:

João Lenjob postou o comentário de número:

Tem cinco poemas novinhos no meu blog, http://lenjob.blogspot.com.
Peço por gentileza que passe no http://castelodopoeta.blogspot.com e veja tudo que tem lá. Que aprecie, que comente e que indique. É um blog de toda nossa cultura com os maiores artistas brasileiros, anônimos ou não.

João Lenjob.

Noites de Luar Para Sempre
João Lenjob

Se quiseres meu amor
Se sentires ou sentes o que sinto
Se tens o tempo que eu tenho
Se me amas como eu te amo
Se me perdoas, se entendes
Como te faço meu bem
Se és da minha rua ou do meu mundo
Se podes caminhar comigo
Plantar, colher, alimentar, sofrer
Nós podemos viver para sempre
Se estais pronta para tempestades
Ou dilúvios e maremotos, correntes
Para roseiras, constelações e noites de luar
Para noites abraçados e com todos os beijos
Se podes sentir minhas verdades (inteiras)
Se sorrires a cada lágrima minha
E souberes me dar a mão todos os dias
Sentindo a minha falta e também presença
Se venceres comigo todas as batalhas e amando
Nós poderemos viver para sempre.

Fernanda Reali postou o comentário de número:

DNA - data de nascimento antiga! Pronto, detectei a origem do problema, hehe

Cuide-se bem para conviver bem com as doenças, minimizando o que for possível dos aborrecimentos.

Beijoooo

Palavras Vagabundas postou o comentário de número:

Querida, no seu caso o único consolo é Dilma presidente para o resto se cuida!
bjs carinhosos
Jussara

Cantinho da Cê postou o comentário de número:

O que posso dizer?

Quando a chuva passar....

Beijos,


Tati Pastorello postou o comentário de número:

Cíntia, até no fundo do poço você é engraçada. Os mineiros Chilenos gostariam de te ter por perto... putz... piorei tudo, né?
Sabe que já chorei baldes por que o Vi e o Bê armaram um complô contra mim num jogo de tabuleiro? Claro que foi a oportunidade para chorar outras tristezas que eu não conseguia. Então, chora muuuuito a não-compra da overlock. Sinta toda a dor da falta de sua máquina e do quanto o mundo é injusto com você. Depois, vá até o Compra Fácil ou Submarino, ou Ricardoeletro.com compre exatamente a máquina dos seus sonhos. Aguarde a entrega do pacotão e desta vez, durma você agarrada ao presente. E nem precisará perder dente para isso (ou será que sim? hehehe) Não me bate, estou brincando com você... Te adoro, amiga. Beijos.

Tati Pastorello postou o comentário de número:

Cara de pau deste João Folgado aí de cima, amiga. Manda pro Span que te carregue!
Beijos.

Priscyla Rodrigues postou o comentário de número:

Nossa amiga... Qta maldade da vida com vc... Pelo menos teve uma noticia boa hoje...

Bjoks

Priscyla Rodrigues postou o comentário de número:

Nossa amiga... Qta maldade da vida com vc... Pelo menos teve uma noticia boa hoje...

Espero que tudo se resolva da melhor forma...


Bjoks

Denise Lopes postou o comentário de número:

Amiga você é demais...ok ok ok aceito você como vítima..tá bom, vem cá...Cintiazinha fica assim não, sei que a vida te maltrata, sei que você sofre muito, sei que só acontece com você, ah coitadinha da minha amiga, tô aqui tá...continua assim vitiminha mas não come docinho não tá, volto depois para te fazer cafuné e te dizer mais sobre o quanto você sofre, pobre da Cintiazinha Branquinho....

Karina postou o comentário de número:

Cíntia querida..
Li todo o texto e me reconheci totalmente nele..hehe
Tenho reumatismo, estou de TPM e vitimismo eu sempre faço..heheheh
Escuta..encontrei com a Kalinca do grupo Bionne
(sou amiga dela) e fiquei sabendo que o grupo foi tocar ai em Sinop e olha só que legal temos conhecidos em comum..
Só está faltando mesmo a gente se conhecer.
Beijos querida

Neli Rodrigues postou o comentário de número:

1º: Dá-lhe Dilma, uhu!!!
2º: Não vou te consolar...mais uma que temos em comum...pais diabéticos.
3º: vai neste meu post e lê uma história que eu contei:
http://caprichosbyneli.blogspot.com/2010/05/muito-obrigada-por-tudo.html

Bjs♥

Lili postou o comentário de número:

Cintia, eu tentei não rir, mas foi impossível... até na desgraceira vc faz a gente rir... só vou te dizer uma coisa: te cuida, pq muitas pessoas te querem bem... o resto a gente dá conta!
Muitos beijos e obrigada pela visita... tirei férias do meu blog, mas vou voltar.
Lili

calma que estou com pressa postou o comentário de número:

amiga - ganhastes uma cantada já no primeiro coments?? poxxaaa- voucomeçar a dar uma de vitima também prá ver se rola-
ah TPM - TOQUE-PERGUNTE - MORRA!
TÁ NÃO VOU TE CONSOLAR, nem vou fAlar da DILMA-
mas vou te falar - aqui tem coca diet, tudo diet pra ti- p^vim prá chorar , descabelar, xingar o mundo ingrato - oh ceus, oh vida...
bjs
lu

Elaine Canha postou o comentário de número:

Que Deus te abençoe e te console, já que vc não quer que eu o faça rsrsrs

Beijos

Dona Amélia postou o comentário de número:

Ó, vou justificar só uma vez, pq sei q tu sabe, ams ri muito pela forma q escreveu viu, rs.
Outra coisa... só pra provar que te amo [será q acaba um tiquim o vitimismo?] vou criar uma nova tag no Dona Amélia: Alimentação saudável pra diabéticos, vou pesquisar e tenho certeza que mta coisa boa vou achar. Aguarde e confie, viu!

E olha, pra ser solidária: veja só o meu pacote: Transtorno Bipolar, fibromialgia, labirintite, sinosite, renite, burcite, quer mais?? Melhor parar né não?? rs

Xerinhos e cafunés, bonita!
Paty

Sandra =^.^= postou o comentário de número:

Poxa nem sei o que te falar.
Mas se serve de consolo, já tive esse tal reumatismo, fiz tratamento e sarei.
Hum...não serviu, né?
Que tal, tenho toxoplasmose e o fdp está altíssimo. Não poderia chegar a 250 e ele está a 800.
Acho melhor deixar quieto, né?
Não sou muito boa nisso.
E quer saber? Gosto você c/ ou s/ essas coisas. E todo dia venho ansiosa aqui pra ver se tem post seu....pra dar muitas risadas. Eu casco o bico c/ seus posts.
Beijinhos pro'cê.

Anita postou o comentário de número:

Cintia, não vou te enganar q não é mole não, encarar a diabetes e agora mais o reumatismo, não quero ser sócia desse clube não, mas estou adiando há mais de 1 semana os exames q o reumato pediu pra esclarecer minhas dores diárias nas juntas( um problema de junta tudo e joga fora, como disse a Fernanda por problema de DNA ). Desejo de coração que seja dos problemas reumáticos mais simples ( se é que existe algum), porque reumatismo é uma m$#*@.
Viu?? concordei com tudo e pode ficar se vitimizando à vontade. Bjs.

Ana Paula Santiago (inventandocasa.blogspot.com) postou o comentário de número:

OI CÍNTIA!
olHA, NÃO VOU TE CONSOLAR NÃO PORQUE TB TÔ NA MESMA SITUAÇÃO´! E DISCORDO DA fERNANDA, PORQUE FUI DIAGNOSTICADA COM ARTRITE REUMATÓIDE COM 26 ANOS, APÓS SOFRER DESDE A ADOLESCÊNCIA.
SOMADO A ISTO COM 24, DEPOIS DE 50 DIAS DO PARTO DO MEU "MENINO MAIS VELHO" TIVE TROMBOSE NAS DUAS PERNAS!QUASE MORRI, E TRÊS ANOS DEPOIS CHEGUEI CIANÓTICA A EMERGÊNCIA DO HOSPITAL, COM UMA CRISE DE FALTA DE AR, PARECIA QUE UM ELEFANTE ESTAVA SOBRE OS MEUS PULMÕES, MINHAS UNHAS ESTAVAM AZUIS E NÃO CONSEGUIA SE QUER ANDAR, A MÉDICA RECÉM CONTRATADA QUE ME ATENDEU, CHAMA MEU MARIDO NUM CANTO E PERGUNTA:- É O PRIMEIRO CHILIQUE DELA, OU ELA É NERVOSA MESMO?". MARIDO FICOU INDIGNADA E NEM ME CONTOU NA HORA, 40 MINUTOS DEPOIS, SAI O RESULTADO DO RAIO X E EU ESTAVA COM UMA PNEUMONIA AVANÇADA!!!!
A MINHA NOVA AQUISIÇÃO É A DESCOBERTA QUE SOU INTOLERANTE A LACTOSE, E A GENTE SÓ DESCOBRE QUE O MUNDO É FEITO DE LEITE DEPOIS QUE NÃO PODE MAIS INGERIR!!!!! MEUS AVÓS E MEU PAI SÃO DIABÉTICOS E MINHA MÉDICA JÁ ME ALERTOU QUE DEVIDO ÀS MINHAS TAXAS SEMPRE BAIXAS DE GLICEMIA, VEM DIABETES PELA FRENTE, ( QUANDO AS TAXAS ESTÃO SEMPRE MUITO ABAIXO, É SINAL QUE O PÂNCREAS ESTÁ TRABALHANDO ACIMA DO QUE DEVERIA, PRODUZINDO MUITA INSULINA PRAR NEUTRALIZAR A GLICEMIA QUE ESTÁ NO SANGUE.
VIU?
TB SOU VÍTIMA!!! E ACABEI DE FAZER 30!!!!!!!!!!! MEU MARIDO DIZ QUE VAI ME DEVOLVER, QUE ISSO EM DIREITO CIVIL SE CHAMA " VÍCIO OCULTO", MERCADORIA COM DEFEITO ESCONDIDO!!!!!
RESTA-NOS SORRIR, POR QUE CHORAR DÁ MAIS RUGAS E DESIDRATA!!!!

Juliana Gomes postou o comentário de número:

Cintia, ainda bem que são "zicas" controláveis... E o que são elas perto do seu bom humor??? :)
Dias melhores p/ vc, com muitos sorrisos, estes mesmos que vc provoca na gente!
Beijoca, se cuida direitinho e se joga nos doces diet!

Neli Rodrigues postou o comentário de número:

Minha amiga, espero que a raiva esteja passando. Mas vc tem razão, qdo estamos de "mal c/ o mundo" não adianta consolar ou dizer "eu sei o que vc está sentindo", pois é balela, só quem passa por isso sabe o qto doi.
Lendo seu post eu me via nele, como se o post fosse um relato meu e quem sabe um dia não vai ser né?
Fico sempre ligada nos sintomas, que eu sei muiiito bem quais são. No meio deste mes de outubro um priminho meu de 8 anos, melhor amigo do meu filho descobriu que estava diabético, meu mundo foi abaixo, pois senti como se fosse meu filho, que por sinal tb sempre acho que uma hora vai acontecer, já que um sobrinho meu, que hj está c/ 31 anos ficou diabético aos 6 anos...e eu que descobri que ele tava c/ a mardita.
Cuide-se, sempre, mesmo que tenha vontade chutar o balde.
Bjs♥

Fernanda postou o comentário de número:

aahhhhh Cíntia... tb gosto de me fazer de vítima as vezes, faz um bem danado!!!!!
Mas, fica mal não... qdo parece que o universo conspira contra nós, o melhor a fazer são... planos para dominar o mundo!!!!
Dilma presidente (ou será presidenta???) a melhor noticia do dia... bjos pra vc!!!!

Fernanda

Sandra =^.^= postou o comentário de número:

Oi Cintia...
Então, a cada 3 meses eu faço uma bateira de exames pra ver como tá o danado.
O médico não quer entrar c/ remédios ainda, até pq esse tratamento é feito a base corticóides e eu não posso tomar.
Ele disse pra eu evitar de ficar nervosa, estressada, pq isso faz abaixar a resistência e o toxo aproveita e sobe.
Mas agora me diz, tem como não ficar nervosa nos dias de hoje?
Eta lasquera!

Paula... postou o comentário de número:

Cíntia...não posso ficar muda ao ler tudo isso, tbém tive pais diabéticos...meu organismo esta me falando MUITAS coisas que eu não tô querendo entender. Tenho dias horríveis...mas sempre penso "Amanhã é um novo dia"...e é realmente!
Se cuida amiga!

Beijo grande.

Seja qual for o problema, DEUS é contigo, acredite!!!

Taís Marçal Diniz postou o comentário de número:

Querida amiga, sempre falo....por pior que seja o seu problema, existe pior...te amo...fica com Deus...beijocas!

Minha Mãe Sabia... postou o comentário de número:

Ai amiga alguem q me entende, guria eu tenho ha uns 2 anos dores na coluna, no pé nos joelhos e sem falar nos braços e punhos, achamos fascite plantar(doença cronica no pé) artrite no joelho e osteoartrite na coluna lombar 4 e 5, tenho 93 kg em 1,60 mtos(um boto ) DAIIII resolvi fazer dieta e malhar, ADIVINHA???? nao posso fazer esteira, nem caminhar pq tenho uma p... no pé, nem pensar em bicicleta a nao ser que eu esteja querendo matar meu joelho, ABDOMINAL?? isso nao me pertence por enquanto(OPINIAO DE 3 ORTOPEDISTAS) DAI ME RESTOU A DIETA NEH??? ahammm tenho DEFICT DE VITAMINA B12, acho q deve ser a unica vitamina que NAO ENCONTRAMOS NO MUNDO VEGETAL, entao tenho que tomar leite, ovos carnes, DAI TU SABE ME DIZER OQ FAÇO PRA PERDER PESO?? ja que pq tenho esse defict de b12 nem que eu chegue a 200 kg posso fazer uma cirurgia bariatrica, olhe minha amiga, estou quase convencendo eles a fazer hidro e TCHARAMMMMMMMMMMMMMMM, me disseram que estou com reumatismo, fiz aquele exame de fator reumatoide, e moral da historia, estou caçando mais um especialista pra me fazer ficar mais loucaaaaaaa.HEHEHE desculpe o desabafo, ja que era seu neh??? te cuida e vamos trocar figurinhas reumaticas??w
beijo

fernanda

Silvia Mingardi postou o comentário de número:

Olá Cíntia sei que essa malvada diabetes é um terror, pois preciso controlar minha mãe em tudo... e as vezes ela não entende... e ainda acha que sou ruim... mas apesar dos pesares estamos ai...
Beijos!!!

Leticia postou o comentário de número:

Menina que loucura.... vc deve estar quase doidinha.
Sobre a diabetes, acompanho desde novinha, porque tenho taxas muito baixas e uma predisposição danada para desenvolver (3 avôs diabéticos e 1 pai... pode ser?). Sou formiga e mijona, portanto, estou em compasso de espera... kkkk! Mas vou aproveitando pra comer doces enquanto posso! rsss.
Beijos
lelê

Fernanda postou o comentário de número:

oie...
vou fazer aqui um comentário super, mega esclarecedor (me senti a ultima bolachinha do pacote!!!!!)
- Menino Igor é meu filho, coisa mais querida, rsrsrsrs tem sete anos e morre de medo de ficar sem alguém da familia por perto, só fica em casa pra eu trabalhar, pq sabe que pode me ligar a qualquer momento. E ele liga!!!!
- Castelinho de Verão, como vc sabe, sou uma princesa! Moro no Reino Tão Tão Distante (e é longe),eu e o princípe encantado (leia-se Marido!) temos o castelo de Inverno Na cidade, e o Castelinho de Verão, na beira da Praia!!!!
- Amiga entendeu???
P.s Quando vc vir pra Porto Alegre, se tiver afim de andar mais uns 400 Km... eu lhe consigo um aposento em um dos meus castelos.... afinal a praia fica só a 6km da cidade!!!! Bjos

Nani postou o comentário de número:

Cíntia
Espero que a tempestade passe logo..as vezes a gente acha que o nosso problema é o maior que existe e na verdade ele se torna pequeno quando olhamos ao nosso redor,mas eu te entendo viu!
Dá uma olhada na internet se não consegue comprar a overlock,aqui em Porto Alegre sei que tem,de repente tua mãe compra e envia por transportadora ,bem pode ser uma solução né?
Bjss e tenha uma ótima semana!!!
Nani

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez postou o comentário de número:

Meniiiiiiina. te fiz esquecer o aniversário pq já nem quero mais saber que ELE EXISTE! travei nos 20 e dalí ninguém me tira.

Cintia, eu te admiro. Pode estar no maior problema, na maior dificuldade. vc conta, mas se abre de um jeito que faz quem ouve rir, saber das coisas de uma maneira leve. ou seja, vc tem o cuidado de não tornar quem te ouve triste, chateado, mesmo que o problema seja algo grave.

mas não se segure, viu? vc não precisa sempre carregar os problemas e sorrir para eles. desabafe o tanto que quiser, se isso te aliviar. porque estamos aqui é pra te ouvir qdo tudo tá em flores, mas qdo tudo não tá facil tb.

se cuida mesmo,não de ouvidos para o negativismo dos outros. e muitas vezes nem para o seu mesmo. não é fácil,mas o que puder fazer para melhorar a situação, faça. pense em si com carinho, se dê a atenção que vc merece.

te desejo a melhor sorte do mundo, com sinceridade. gosto de vc, minha querida Cintia.

bjs

Brigit Candles postou o comentário de número:

Oi, Cintiaaa!
Isso aí! Dá uma de vítima em cima de todos, vc pode! Tem mais é que te mimar de carinhos, beijos, presentes, etc, etc. É bom uns mimos de vez em quando!
Mas vai dar tudo certo, tenha calma, estamos todos e todas torcendo por vc!
Beijos e te cuida!

Adriana postou o comentário de número:

NÃO, NÃO... VOCÊ É MTO ENGRAÇADA!!! ESSE TEU BOM HUMOR, COM CERTEZA, É O TEU COMBUSTÍVEL PARA AGUENTAR TUDO QUE VEIO PRA VOCÊ!!! VOCÊ TÁ TIRANDO DE LETRA, NÃO É??? A MÁQUINA DAQUI A POUCO CHEGA... QTO AO RESTO, TEM TRATAMENTO, NÃO É??? É CHATO, EU SEI, MAS CONTINUA BATALHANDO!!!

BJS

Deusa postou o comentário de número:

Tô aqui pedrificada,entre o riso e o choro....e vou falar o que eu quiser....kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk e buaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa...
Você e a unica pessoa no meu mundo que me faz ficar entre os dois sentimentos,e pior quero rir e me arrependo,quero chorar e me arrependo...que saco.
Agora,fazer o que....enfrentar....quando me disseram que eu nunca teria um filho...eu olhei pro médico e disse....jura????,o problema e o seguinte...o raio caiu...em cima da minha cabeça...agora duas opções...
1 - Senta e chora...isto você sabe fazer da forma mais engraçada do mundo(só Deus sabe o sacrificio).
2 - Já recebeu o raio,agora vambora que a vida continua.
Sofri o pão que o@#@$ amassou,mas minha filha ta aqui.
Então...saiba que tem que se monitorar,toma os remedios e a vida continua....principalmente pelo seu filho.E por ele que você vai se manter em pé.Falei e pronto....

Lulú postou o comentário de número:

Olá Cintia, eu não tenho ninguém diabético na família, mas há uns 10 meses atrás descobrir que as taxas da glicose estáo altas.O médico me passou um remedinho que tomo todos os dias e quando tenho muita vontade de comer doce pego duas ameixas secas pico coloco adoçante forno e fogão um pouquinho de leite ou água fervo. deixo esfriar e me delicio.
Equanto ao reumatismo já tenho meus dedos , quase todos deformados, mas não sinto mais dores porque tomo Cloreto de Magnésio. Pesquise na net...
Isto não é para lhe consolar. Eu também sofro, não posso nem tomar um cálice dos licores que faço e que adoro. E além de tudo sou hipertensa.
Beijos e vamos a luta.
Maria Luiza (Lulú)

Simone Artesanais postou o comentário de número:

Oi Amiga!!!!!
Não fique se sentindo vitima,pois aqui tb passo por isso,descobri que sou alergica ao açucar,tenho hipertensão e fiquei assim depois do parto do meu 2 filho,mãe e pai diabéticos e hipertensos imagina!o maridão diz que sou paranoica e esses dias acredite tive crise nervosa diz o medico!!!!
Aprendi uma coisa ,dane-se o que vale é viver um dia de cada vez e ser feliz nada de sofrer por antecipação e quando tiver que voltar para a patria espiritual que seje sem dor ou sofrimento tá bom demais!!!!!
Relaxa isso é só para tirar o sabor da vida não permita!!!!!
Curta o maridão,o filho lindo que tem e essa vida que é maravilhosa de viver!!!!!!
Ahh faça bastante amigos!!!!!!
eles são excensiais na vida da gnte!!!!!

beijos doces

Brigit Candles postou o comentário de número:

Voltei! Estou um pouco sumida por causa das encomendas, as pessoas já estão comprando pro Natal e quando tenho os livros na mão nem consigo tirar fotos deles, desaparecem! kkkkkk... melhor assim, não? Estou segurando alguns aqui pra fotografar e por no blog. E tem o site tb, toda hora tem que atualizar.

Mas, voltando ao assunto do post, mimos, mimos e mais mimos!! Vc merece! Peça todos os seus desejos e deixa o povo correr atrás pra realiza-los! =) bjooss!

Fernanda Fernandes postou o comentário de número:

Adoro seus textos e seu senso de humor...VC me faz rir muito!

beijinhos!

Eliane postou o comentário de número:

Ah, Cintia, eu te amooooooooooooo!!!
Mesmo nas dificuldades, vc consegue ser maravilhosa... hahahahahahahaha
Amiga, que Deus te forças para enfrentar essas provações (TPM, doenças, plano de saude e cidade pequena)kkkkkkkkkkk
Mas estamos aqui, viu........ blogosfera unida a seu favor.
Qualquer coisa, cê grita...
bjs bjs
Ahhhh eu querooooooooooooooooooooooooooooo
Amo bolo de chocolate.... na caneca então.... hummmmmmmmmmmmmm
elianetchu@hotmail.com
bj bj
http://www.larfamiliaecia.blogspot.com/

Deusa postou o comentário de número:

Oi linda

Como você esta se sentido?,fique firme,eu sei que e uma barra,mas você tem que enfrentar,fique firme,se tiver algo que possa fazer por aqui,algum remedio que você não acha...algo do tipo...estou aqui,me diga que já coloco no correio.
Bjs
Deusa
vasinhos coloridos

Lu * postou o comentário de número:

Vc sabia q Diabetes é meu fantasma de estimação? Fantasma q geneticamente me persegue e me cerca de quase todos os lados(nem queira saber o q foi preenchido pelo lado vazio...)Eu q já ia me fazer de vítima, depois de ler tantos relatos, desisti e decidi q se um dia o fantasma me atacar, vou te dar muuuito trabalho vc vai ser minha DAPAD, traduzindo:"doce" assessora para assuntos diabéticos, tá?
Mil bjs

Edlena Franklin postou o comentário de número:

Você nos entraves açucarados e eu nos alcoólicos... Depois de umas vodcas a mais na final da copa do mundo (ocasião em que esqueci de me alimentar simultaneamente)meu fígado pediu clemência! Fiquei em total abstinência por uns três meses e só saí do castigo para brindar à Dilma... Tive medo, devo confessar. Não que eu seja uma manguaceira, mas sabe-se que as mulheres têm menos resistência ao álcool que os homens. Ficou o alerta e estou tomando ácido fólico pro figadim se recuperar(nem venha me falar que é pra engravidar, já ouvi essa várias vezes).
Beijosssssssss

Elis (Coisas de Lily) postou o comentário de número:

Oi Cíntia!
A Fernanda Reali sempre cita seu blog, e eu preguiçosa acabo nunca vindo. Mas hj resolvi por vontade própria vir conhecer seu blog e amei a maneira como vc escreve.
Sinto que esteja passando por esses aborrecimentos. Lamento mesmo. Mas não vamos chorar sobre o leite derramado, né? Já molhou o sutiã...rsrs...
beijos!
Elis
coisasdelily.blogspot.com

Vania postou o comentário de número:

Oi Cintia bom dia,cheguei aqui através do blog dona amelia...fiquei curiosa...!!!
Então, sou uma diabética e hipertensa e a única coisa que posso te falar é DISCIPLINA...DISCIPLINA E DISCIPLINA !!!
Porque a outra coisa já temos mesmo em comum SENSO DE HUMOR APURADÍSSIMO !!!
beijos.

Carla postou o comentário de número:

Olá Cintia,
O que dizer para uma mulher tão encantadoramente bem humorada????Que a vida é muito gentil quando nos faz encontrar pessoas que com seu carisma podem ser luz.
É uma maravilha este mundo bloggeril, pois todas chegamos aqui por um motivo...e muitas vezes encontramos pessoas com problemas e situações semelhantes.Muitas vezes pensei se continuaria com meu blog ou não, e ele me chamava e dizia você tem um montão de mensagem para responder, e lá ia eu jurando que seriam as últimas.Acabei conhecendo pessoas tão importantes para mim, que pensava não vou parar.Aos 40 anos por motivo de saúde após o nascimento de minha filha mais nova fui obrigada a me aposentar, estava no auge de minha carreira,vários concursos,que foram perdidos...Bom a vitima aqui é você não eu!!!!!!Mas resolvi fazer do limão uma limonada.Sabe minha maior alegria é o amor de meu marido que me cuida muito e minhas filhas que amo de paixão.
Se cuida,isso acredito que você faz muito,principalmente pelo amor que você tem por seu filhão e maridão.Sabe Cintia a Unicamp está com um trabalho de pesquisa muito interessante sobre a diabete com um controle da doença muito bom.
Um beijão demorei em passar aqui para te visitar é que passamos uns dias super hiper complicados com nosso gatinho doente e depois com a morte dele minhas filhas ficaram muito abaladas.Um beijo,
Carla

Monica Morris postou o comentário de número:

querida coragem e muito bom humor vc tem de sobra por isso é um dia de cada vez eu não tenho nem diabetes nem reumatismo mas na semana passada tb tive um desabafo no meu blog e as meninas me ajudaram muito mesmo a superar e estou tentando levar. Seu problema é de long emais grave que o meu mas tem de continuar a se cuidar para que nao venha mais nada por ai
por isso força viu tou com vc
Monica

coisasdaminhacasa.blogspot.com

Fê Dutra postou o comentário de número:

Agora imagine isso tudo (menos o parte do reumatismo), num menino de 2 anos de idade. Foi com essa idade que descobri a diabetes do Tonico.
Sabe o que ele te diria, se tivesse lendo seu post: Bem vinda ao clube. Bora tomar coca zero?
Doces beijos, mas só pras situações hipoglicêmicas, porque sou sua amiga, tá?

Você co
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...