Quando demonstramos quem somos

quinta-feira, 5 de agosto de 2010



Hoje foi a Homenagem ao Dia dos Pais do Colégio do Filho com DNA Alienígena. Primeiro uma missa e depois as apresentações.
A missa transcorreu tranqüila. Todos comungando do viver em  comunidade. Pelo menos até começarem as apresentações.
Sempre fico indignada com o papelão dos pais nesses eventos e hoje, particularmente, me irritei demasiadamente, pois em um instante estávamos todos em clima de comunhão que a celebração nos proporciona,   e no outro, assim, num passe de mágica,  imperou o egoísmo, a falta de respeito, a pouca educação e o individualismo.
Explico...

Chegamos mais cedo, cerca de 20 minutos, pegamos um bom lugar, de onde pudéssemos acompanhar de perto  a apresentação do Filho com DNA Alienígena. Porém,  na hora da apresentação, mal conseguimos ver, pois algumas mães se posicionaram em frente ao  altar para gravar e fotografar seus filhos, mesmo  impedindo a visão dos demais e, detalhe, não se importando com os apelos dos pais que permaneciam sentados, educadamente, e que também queriam ver seus filhos.
Fico brava com isso, o direito do outro deve ser respeitado até o momento que é conveniente? Nós também poderíamos ter nos levantado para ver, mas,  e aqueles que estavam atrás de nós e faziam  malabarismos para ver seus filhos pelas frestas?

O que queremos ensinar aos nossos filhos?  Quais  exemplos passamos? 
E mais...
Quais dos momentos refletiam quem de fato somos, aqueles em que demonstramos a fraternidade ou nos que  revelamos o egoísmo e o individualismo?
Quando a apresentação acabou, recebemos o Filho com DNA Alienígena com beijos,  aplausos e olhos  marejados. Ele estava lindo!
Fizemos questão de ficar até o final. Acompanhamos todas as apresentações.  Para mostrar ao nosso pequeno  que respeito e a consideração devem estar presentes a todo o momento.


 P.S.¹ : Procurei  a criatura  que ficou na nossa frente durante a apresentação, para solicitar, no deboche, é claro,  uma cópia da gravação,  já que ela nos impediu de ver. Mas a senhora havia ido embora,  logo depois da apresentação de seu filho. E daí que outros iriam apresentar. Ela já havia mostrado que apenas sua vontade importa. E daí que as crianças acompanhavam com olhar triste, apresentação após apresentação, os pais e colegas indo embora e  o local esvaziando...
P.S.²:  Filho com DNA Alienígena está adorando a nova escola. Mestre Branco e azul não deixou eu fotografar no primeiro dia de aula. Quando pedi para ele fotografar, ele disse: "Ah, então o mico vai ser dos grandes!"

 http://www.internacional.com.br/pagina.php?modulo=2&setor=18&codigo=8477

P.S.³:  Sejam bem vindos todos aqueles que me honram com sua presença por aqui!
P.S.hoje-eu-posso: Parabéns Colorados e Coloradas de todas as Querências!!!!!!! Uhu!!!!!!!!! 

 " Segue a tua senda de vitórias,  Colorado das glórias, Orgulho do 
Brasil"


18 comentários:

Taia Assunção postou o comentário de número:

Oi menina, é realmente um horror. Mamãe sempre fala: ao sair de casa ligue o desconfiômetro e tome uma colher de cimancol...rsrsrs. Mas fique feliz por ter feito sua parte e seu menino certamente não esquecerá como se faz quando chegar a vez dele. Beijocas e saudações coloradas!

byPoliana postou o comentário de número:

Eu tb me irrito muito com a falta de respeito das pessoas... bjooo

Tina postou o comentário de número:

Oi Cintia
Tá aí uma coisa que sempre me irritou quando os filhos eram pequenos, e irrita até hoje quando vou ver os "netos", em algumas vezes,cutucava a pessoa que teimava em me tapar a visão e "dá licença por favor"...daqui a pouco , novo cutuco...mas quando a educação é pouca...não tem cutuco que faça entender rsrsrs
PASSA LÁ NO MEU BLOG, TEM UM SELINHO PRA VOCE...
beijin
Tina (Sonhar e Realizar)

Amanda Paula postou o comentário de número:

Concordo plenamente com você e fico orgulhosa de vocês terem acompanhado até o final! E adoraria que você tivesse encontrado a tal da senhora super ultra mega egoísta e pedido a cópia da gravação, eu iria amar ver essa cena! rs APOIADO!

bjss

Edlena Franklin postou o comentário de número:

É triste, Cíntia... Hoje com filhos grandes não tenho mais essa preocupação, agora serão os sobrinhos. Se bem que o grande problema da escola de meus filhos sempre foi organização na preparação do espaço para eventos. Mesmo depois que criaram a quadra nova continuou apertado e pouco eficiente para a acomodação e melhor campo de visão para os pais. Um bom anfiteatro é necessário, mas nem sempre possível... Lembro que por minha filha ser mais alta que as demais coleguinhas, punham ela sempre no fundo, o que dificultava bastante na hora de fotografar. Mas nós, eu e o marido, pecamos por omitir nossa insatisfação à escola e apontar sugestões. Todo ano ficávamos evento após evento reclamando só entre nós, que o som era péssimo, que a posição das cadeiras estava errada, que a seleção musical estava equivocada, mas nunca sentamos junto dos organizadores e contribuímos para alguma melhora... Minha dica hoje em dia é essa: comunicação acima de tudo!
Beijos

Michelle postou o comentário de número:

Isso é muito irritante mesmo e sempre acontece em festinhas de escola...eu quase me rastejo no chão, mas não ocupo a visão de ninguem nas festinhas da minha sobrinha!!!

Bjus

Larissa L. postou o comentário de número:

Oi Cintia!
Passando para deixar um oi...
Bj

Eliane postou o comentário de número:

Oi, Cintia... infelizmente essas cenas também existem nas apresentações de escolas... é lamentável e de péssimo exemplo para nossas crianças.
bjs
http://www.larfamiliaecia.blogspot.com/

GIL postou o comentário de número:

nÃO RESPEITAM MAIS NEM AS FITAS QUE SEPARAM ONDE A NOIVA VAI PASSAR, JÁ VÍ PAIS DEIXANDO SEUS FILHOS CORRER, PULAR, PUXAR AS FITAS EU FICO PENSANDO...AIAIAI....SE CAI....FEITO E PROGRAMADO COM TANTA ANTECEDENCIA E CAPRICHO....ALGUÉM PENSA SOBRE ISSO, OS FILHOS CORREM SOLTOS, SEM UMA EXPLICAÇÃO LÓGICA DOS PAIS QUE NÃO PODEM FAZWE ISSO.....BJKS...COM CARINHO...GIL

Jaque Gonchoroski ઇ‍ઉ postou o comentário de número:

Cintia, é uma pena que esses sejam os exemplos para nossos filhos. A falta de respeito é muito grande e eles percebem...

Mas educação vem de berço e vocês estão fazendo sua parte.

Beijos!

Bárbara Rezende postou o comentário de número:

Passei por isso também na apresentação do meu filhote mas não sou como vc, cutuquei o dito cujo e mandei sair da minha frente!!! Paciência tem limites!!!

AMIGAAAAAAAAAAAAAAAA estou precisando do seu endereço, vc não quer mais sua bolsa??? Manda por e-mail: de.cor.acao@hotmail.com

bjksssssssssssssss

Silvana - Interior Adentro postou o comentário de número:

Oi Ciii!

Esses dissabores fazem parte de toda escola? pq qdo ia ver minhas sobrinhas era sempre esse inferno e minha cunhada, estressadísma até o ultimo poro de seu corpo, saia de lá prestes a enfartar...rs

A falta de respeito da juventude vem desses caras, os pais....

Feliz dia dos pai ao maridão! :O)

Beijooo

Luiza Scortegagna postou o comentário de número:

Ê minha amiga querida! Primeiro agradecer seu comentário lá no blog, particularmente adoro todos eles, você tem sido muito especial para mim, já te adoro demais. A felicidade foi imensa de ganhar o prêmio e com uma frase que sei que foi de coração. E sim, é maravihoso ter um pai sendo professor de fotografia, aprendo tantas coisas. Não tenho filhos, e não tão cedo acho que os terei, mas concordo plenamente com o que você fala ai, pessoas sem valores que pretendem passar para os seus filhos uma relação egoísta. Pessoas que em uma hora sabem viver em comunhão e em outra são totalmente ao contrário do príncipio deste momento. Eu concordo plenamente com você e o seu pensamento a respeito do sentimento vivido. Obrigado pelas felicitações, até que enfim encontrei uma amiga colorada por aqui. Um grande beijo querida, e bom final de semana, Lu!

Fernanda Fernandes postou o comentário de número:

oi querida ...estes desabores escolares é muito normal...até hoje tenho alguns "perrengues" na escola de minha filha e olha que está quase formando..
adorei te ver no bloguito...e quem disse que nós não seremos sempre mulherzinhas eu pelo menos amiga, ...acho que a filhota relamente ajuda heheh!!
bjos!!

Elaine Canha postou o comentário de número:

Oi

Tem selinho pra vc lá no blog. Beijos

Ps. Infelizmente temos que ter paciência para lidar com esse tipo de criatura. aff!

Sandra =^.^= postou o comentário de número:

Oi Cintia!
Já passei por isso qdo minha filha estava no pré. Qtas vezes não consegui assistir a apresentação.
e não adiantava pedir licença...o povo fingia que não escutava.
Bjos e ótimo final de semana pra vc.

Uska B Hope postou o comentário de número:

Miga, é isso mesmo temos que ensinar valores aos nossos, pois esse mundo tá perdido, só o umbigo que importa!!! fico muito feliz que filhote seu, ou de um alienígena... Está curti a nova escolhinha, mudar no meio do ano não é fácil, mas a vida tem essas coisas né!!! Que bom que ele é alienígena, daí se adapta bem... srsrsrrsrsrsrs. bjssssss

Drinha... postou o comentário de número:

Ai eu tb odeio esses tipos de pessoas que só olham pro próprio umbigo!!!!!

Que bom q seu filho se adaptou bem na escola nova!!!!

Você co
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...