Eu confesso: Eu copiei!

quinta-feira, 27 de maio de 2010


Sabe aqueles momentos de auto-afirmação. Estou precisada.

Precisava de algo em que eu batesse os olhos e soubesse, na mesma hora, quem eu sou, qual a minha importância e a do meu trabalho e que me colocasse nos eixos na mesma hora.

Então, dando uma olhada na blogsfera, uma das minhas musas preferidas me inspirou, mais uma vez:


Esse quadrinho foi feito pela Cinária que viu no blog Minha Casinha ,e é perfeito para o que eu quero. Adaptei com o marrom e rosa, porque minhas coisinhas do trabalho são todas assim. Valeu Cinária!!!!!!!


Deixa eu explicar a foto: pedi para o Mestre Branco e azul fotografar minha obra, mas ele sem noção, só pegou a máquina e clicou, nem arrumou o cenário, pode?

Então o que vemos aí:
1º Aquilo que mal aparece é o  meu quadrinho, que está sobre a mesa de canto que também ganhei no dia das mães, junto com meu telefone e três lanternas marroquinas;
2º O copo do Filho com DNA Alienígena, que fez questão de aparecer e atrapalhar a foto.
3º O outro quadro que estava montando e não deveria aparecer, que fiz para a Amiga Guarda-Livros;
4º E já que era para fotografar obras primas, o Filho com DNA Alienígena exigiu que sua árvore de folhas secas num pote de requeijão fizesse parte de tudo.


Cintia Branco

P.S.1: Por favor, viva a diversidade, mas nada de ler este post com olhar homofóbico. Minhas musas o são pelos talentos artísticos, pela criatividade e pela generosidade que transparece.

P.S.2: Quero ver se a Cinária me enquadrar na Lei de Direitos Autorais, estarei ferrada.

P.S.3: Ultimamente, percebo que sou muito corajosa, porque para publicar uma foto dessas, a criatura tem que ter coragem para dar e vender.

10 comentários:

Deusa postou o comentário de número:

Oi linda
E por isso que adoramos voçê...voçê e dez....fala mesmo....mostra mesmo...e ponto final....a Cinaria e a Fernanda(adoro as duas),vão se sentir lisojeadas.Voçê não precisa se alto afirmar mulher,voçê já e uma grande surpresa.....voçê e engraçada,original e verdadeira...perfeito.
Beijim
Deusa
vasinhos coloridos

Marina Mott postou o comentário de número:

pois eu gostei da foto e do quadrinho! ben legal!!

Cinária Mendes postou o comentário de número:

Dona Cintia favor colocar uma foto melhor para que eu possa aprovar...rsrsrs...
Vou parar de postar COMIDA para não perder sua amizade...risos tambem porque não vou cumprir...e quero continuar a ter uma fã.Minha nova paixão é marrom e rosa, e eu só tenho uma frasqueira.Preciso urgente de tecido de bolinhas marrom e rosa para continuar a ser feliz!!!Agora quero ver voce fazer a galinha,é muito facil.Aquele porta chá tem um nome que eu não sei o nome,quando sua mãe fizer me mostra,vou copiar...rsrsrs...Amiga,voce é um amor de pessoa,aprendo muito com voce,sou sua fã tambem.Obrigada e beijos

Cíntia postou o comentário de número:

Cíntia,kkkkkkkkkkkkkkkkk como vcs são radical aí na questão de filmes menina rsrsrrsrsr, aqui em casa a filmomaniaca sou eu!!!!Ainda bem rsrsrs.Quanto ao livro, leia vc e não dê a seu marido, depois que vc ler vai entender o porquê rsrsrrs
Bitocas

Karina postou o comentário de número:

Cintia!!
Seu quadrinho ficou uma graça!
Parabéns!!
Está cheia de dotes hein?!
Beijos
Karina

Taia Assunção postou o comentário de número:

Hehehehe...os quadrinhos ficaram ótimos, mas a foto foi a melhor...especialmente pela árvore de folhas secas no pote de requeijão...hehehehe. Sem querer te sacanear mas já sacaneando que tal um pouco de Zeca Baleiro em Bienal..."Desmaterializando a obra de arte do fim do milênio
Faço um quadro com moléculas de hidrogênio
Fios de pentelho de um velho armênio
Cuspe de mosca, pão dormido, asa de barata torta
Meu conceito parece, à primeira vista,
Um barrococó figurativo neo-expressionista
Com pitadas de arte nouveau pós-surrealista
calcado da revalorização da natureza morta
Minha mãe certa vez disse-me um dia,
Vendo minha obra exposta na galeria,
"Meu filho, isso é mais estranho que o cu da jia
E muito mais feio que um hipopótamo insone"
Pra entender um trabalho tão moderno
É preciso ler o segundo caderno,
Calcular o produto bruto interno,
Multiplicar pelo valor das contas de água, luz e telefone,
Rodopiando na fúria do ciclone,
Reinvento o céu e o inferno
Minha mãe não entendeu o subtexto
Da arte desmaterializada no presente contexto
Reciclando o lixo lá do cesto
Chego a um resultado estético bacana
Com a graça de Deus e Basquiat
Nova York, me espere que eu vou já
Picharei com dendê de vatapá
Uma psicodélica baiana
Misturarei anáguas de viúva
Com tampinhas de pepsi e fanta uva
Um penico com água da última chuva,
Ampolas de injeção de penicilina
Desmaterializando a matéria
Com a arte pulsando na artéria
Boto fogo no gelo da Sibéria
Faço até cair neve em Teresina
Com o clarão do raio da silibrina
Desintegro o poder da bactéria
Com o clarão do raio da silibrina
Desintegro o poder da bactéria"

Beijocas!

*~* Coisas da Bruxinha *~* postou o comentário de número:

Oi Cintia, adorei a foto, e os comentarios, é claro rsss, mas o quadrinho tb ficou muito bom, hehhehhe, obrigada pelo teu carinho no meu blog, bjs Leila

Ana B postou o comentário de número:

Oi, Cintia. Que inveja! Além do Keep Calm você fez os jogos americanos! E eu ainda não tive tempo nem de comprar os tecidos, quanto mais de sentar na máquina - velha, por sinal. Mas chego lá.
Bj e ótimo final de semana

Anita postou o comentário de número:

Oi Cintia, ainda vou fazer o meu Keep Calm qq dia desses e com certeza será adaptação de algum, quero dizer... cópia. Afinal, na natureza nada se cria...tudo se copia. E vai logo fazer teu abajur no feriado. Bjs, Anita.
http://casadaanita.blogspot.com/

Drinha... postou o comentário de número:

Ah Cissa, ficou legal a foto vai????

Estou tentando fazer um desses pra mim já faz um tempo, mas sempre esqueço de levar o pen drive pra imprimir a foto!!!!

bjs

Você co
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...