Era uma vez uma cadeira

terça-feira, 13 de abril de 2010

O meu cantinho precisava de uma cadeira. Mas com a escassez de cadeiras que se abateu sobre a residência dos Brancos desde 2004, ficava difícil surrupiar uma para uso exclusivo. Como eu resolvi???

Forrei a cadeira com um tecido marrom e rosa.

Na mesma hora o Filho com DNA Alienígena gritou:

"Eu não vou sentar nesta cadeira de menina!"

Viu só, agora tenho uma cadeira só minha!



ANTES


 Uma cadeira normal de escritório...



DEPOIS 


 Uma cadeira mais que especial...Minha! E viva o grampeador de pressão!


Cintia Branco



Nota Mental: Se eu inventar mais alguma coisa essa semana, o Mestre Branco e azul pede o divórcio!




2 comentários:

Drinha... postou o comentário de número:

kkkkkkk

tô falando!!!! eu sempre invento mas quem finaliza é namorido!!!!

Gostei da sua cadeira reformada!!!!

Casa Corpo e Cia: O jeito mulherzinha de ser. postou o comentário de número:

Preciso fazer isso com a minha. É toda prata e feia, não combina nadinha comigo!
Beijos e bom fim de semana ♥

Você co
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...