Pensamento da Semana

sábado, 27 de março de 2010

"A diferença entre o remédio e o veneno é a dose"

Phillipus Aureolus Theophrastus Bombastus von Hohenheim (Paracelso)



Achei fantástica esta frase, creio que ela se aplica com propriedade para qualquer situação da vida. Como diz a Colega Mineira, fala sobre o tão difícil e almejado equilíbrio das coisas. 

Ouvi a frase de um químico (mandou bem Ricardo!) e por coincidência no mesmo dia havia lido uma matéria que falava sobre jovens atores hollywoodianos  que morreram, muitas vezes acidentalmente,  por overdose de medicamentos. 


 ELVIS PRESLEY

 Morreu aos 42 anos de arritmia Cardíaca por overdose de medicamentos prescritos


 ANNA NICOLE SMITH

 Morreu aos 39 anos de overdose acidental de medicamentos prescritos.





HEATHER LEDGER

Morreu aos 28 anos de overdose acidental de medicamentos.



BRITTANY MURPHY

Morreu aos 32 anos de pneumonia e múltipla  intoxicação de remédios  como fator secundário
Fonte: www.globo.com



Mas e na vida: Quando o remédio se transforma em veneno? E quando o veneno é o único remédio?

Cintia Branco




2 comentários:

Anônimo postou o comentário de número:

É...realmente se torna difícil a resposta, se pensarmos, ou melhor se observarmos apenas a superfície.

Nossa vida não é a superfície conturbada de um lago varrido por uma tempestade, ela é/está sob esta superfície, eis aí onde devemos nos concentrar e nos refugiar.

O "Guasca"

Você co
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...