Dá pros pobrinhos...

quarta-feira, 24 de março de 2010

Esses dias o Filho com DNA Alienígena me perguntou para que servia esse blog.

Comecei com uma resposta elaborada, beirando a filosofia, falando sobre a importância de se ler e reler constantemente, de perceber as mudanças que ocorrem a partir de uma simples organização de idéias, e assim por diante. Não resolveu.

Disse a ele que era minha terapia, meu momento de relaxar, me divertir, e assim por diante... Nada... 

(É claro que, nesse momento, ele me ofereceu alguns dos seus brinquedos,  porque se eu quisesse me divertir ele emprestava para mim na boa.)

Agradeci, disse que na hora que eu não quisesse mais "brincar" de blog, pediria,  com certeza,  um de seus brinquedos emprestados. ( A essas alturas, quase perdendo a paciência).

Mas como é característica do Filho com DNA Alienígena, ele não se deu por satisfeito com a minha resposta. 

E depois de meia hora, em que ele perguntava para que servia e eu tentava me fazer entender, depois de ter passado da realidade para o mundo de faz de conta, dizendo que era um jogo, ou então, que do fato de eu escrever dependia a paz de algum outro planeta, de dizer que era castigo que minha mãe tinha me dado, que era para estudar... Desisti e respondi:

"Não filho, esse blog não serve para nada, tá. Satisfeito?!"

Nessa hora, ele me olhou com a  maior cara de deboche, como quem diz: agora eu te peguei,  e me disse:

"Ah mãe, se não serve para nada, dá pros pobrinhos!"

Neste instante ele correu para o pai dele e exultante declarou:

"Pai, peguei a mãe! Falei a mesma coisa que a mãe fala quando encontra meus brinquedos pelo chão!"

Imagina há quanto tempo ele não estava com isso engasgado???



Cintia Branco

2 comentários:

Mi postou o comentário de número:

Hehehehe...que sabor de vitória q ele não deve ter sentido....hehehe...beijão em todos...saudades imensas...

Drinha... postou o comentário de número:

kkkkkkkkk

seu filho é muito esperto!!!!!

Você co
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...