Conselheira Cintia, às suas ordens...

quarta-feira, 10 de março de 2010


Estou pensando em seguir carreira em auto-ajuda ou em conselheira/ouvinte...


Não sei por que, mas todos me “acham” para contar seus problemas, desabafar (estou sendo discreta).


Não, não é para ouvir meus conselhos. De maneira nenhuma!


Muitas vezes, não dá nem tempo de opinar sobre a situação. A pessoa quer mesmo é falar, botar para fora, chutar o pau da barraca, escancarar. E aí estou eu ali, do lado, num diálogo prudutivoooo:

- Ahãn!  Pois é! Que barbaridade! Que absurdo!




Pelo menos,  parece que as pessoas saem aliviadas. Elas... Eu saio querendo bater no primeiro que cruzar pela frente!

Mas voltando...


Na minha primeira palestra (já falei, comigo tem que ser tudo grandioso, já estou me vendo fazendo palestra para uma multidão no Maracanã...) tratarei sobre cinco lições para manter o equilíbrio emocional. Aprendizado que acumulei, principalmente, nos últimos anos de vida. São elas:



1º NÃO FAÇA NADA ALÉM DO ESPERADO OU PLANEJADO


Nunca! Porque você corre o risco de abraçar o mundo, ou pior, criar o péssimo hábito nos outros de que você tem obrigação de fazer tudo.





2º NÃO ESPERE RECONHECIMENTO.


Olha amiga, quem reconhece é cartório.

Não imagine que se você fez algo bom, louvável, especial, será reconhecida, pois não será!
As pessoas nunca demonstram, quem dirá publicamente,  que você é especial. A não ser que, você esteja lidando com uma alma muito superior.





 3º NÃO SEJA A DEFENSORA DOS FRACOS E OPRIMIDOS


Se você em algum momento saiu em defesa de alguém e espera que essa pessoa faça o mesmo por você, ESQUEÇA!!

 Quando a água bate na bunda, todo mundo corre! Não existe companheirismo que sobreviva a dinheiro e a poder. Quando a oferta é boa, e olha que nem precisa ser lá essas coisas, alguns vendem até a mãe.

4º LEMBRE-SE QUE TUDO O QUE DISSER PODE E SERÁ USADO CONTRA VOCÊ

É duro, mas é a realidade. Já cantava o mestre Renato Russo:

“Quero ter alguém com quem conversar, alguém que depois, não use o que eu disse contra mim!”



5º NÃO TOME PARTIDO EM DISPUTAS INSIGNIFICANTES



Você já tem muitas coisas para aplicar seu fervor: sua religião, seu time de futebol (dá-lhe INTER!!!), sua posição política, enfim, coisas demais. Não perca tempo se envolvendo em disputas mesquinhas e insignificantes, principalmente quando elas forem frutos de disputas de egos.



Só para esclarecer:
 Não se ache superior por pensar desta forma. Todos têm o direito de agir como quiserem, apenas faça escolhas que lhe preserve a saúde emocional e que lhe permita viver de forma harmoniosa e feliz.



Dedico este post à Moça do Cabelo Amarelo e a Menina Super Poderosa!

 Em tempo: Ah, cansei de falar somente sobre mulher... Quero falar sobre o mundo!!!
Cintia Branco

2 comentários:

Fer postou o comentário de número:

Ótimas dicas... infelizmente o mundo não é o mar de rosas que gostaríamis que fosse.
Bjus

Drinha... postou o comentário de número:

Gostei dessas dicas, preciso urgentemente coloca-las em prática... r

Você co
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...